Deputados britânicos aprovam moção para adiar data do Brexit

Documento permite que governo procure União Europeia para negociar acordo

Por AFP

Deputados britânicos votaram moção para acordo com a UE
Deputados britânicos votaram moção para acordo com a UE -

Londres, Reino Unido - Os deputados britânicos aprovaram ontem uma moção do governo que propõe pedir à União Europeia (EU) que adie a data do Brexit, que será mais ou menos longo dependendo se o controvertido acordo de Theresa May for adotado ou não. Segundo a moção, que teve 412 votos favoráveis e 202 contrários, o Parlamento "aceita que o governo busque um acordo com a União Europeia" para adiar a data em que o Reino Unido deveria deixar o bloco, definida até agora para o dia 29 de março.

Em uma nova reviravolta na Câmara dos Comuns, a primeira-ministra Theresa May decidiu submeter aos deputados a moção propondo organizar, antes de 20 de março, uma terceira votação sobre o polêmico acordo de divórcio negociado com Bruxelas. De acordo com a agência de notícias AFP, May explicou que, se o acordo for aprovado antes desse dia, pedirá aos líderes europeus um curto adiamento, até 30 de junho, para formalizar a saída da UE.

A data escolhida não é por acaso. O dia 21 março marca o início de uma cúpula europeia de dois dias em Bruxelas que será novamente dominada pelo Brexit, em um momento em que os europeus procuram dar novo impulso ao bloco e de frente para as eleições europeias de maio.

Trata-se de aparente tentativa de pressionar os britânicos ansiosos por deixarem o bloco, mas relutantes em fazê-lo nas condições atuais. May já advertiu que, se rejeitarem o acordo pela terceira vez, a extensão será muito maior e implicaria a participação nas eleições europeias.

Comentários