Manifestantes ocupam aeroporto de Hong Kong em protesto contra o governo

Objetivo seria expor aos turistas as reivindicações dos atos que acontecem há algumas semanas no país

Por O Dia

Protestantes fazem ato em aeroporto de Hong Kong
Protestantes fazem ato em aeroporto de Hong Kong -
Hong Kong - Centenas de pessoas lotam o aeroporto de Hong Kong, nesta sexta-feira, na 7ª semana de protestos contra o governo. O ato na sala de embarque inclui comissários de bordo e tem como objetivo mostrar aos turistas as razões pelas quais os protestantes realizam diversas manifestações no país.

Galeria de Fotos

Objetivo do ato é mostrar aos turistas as razões dos protestos contra o governo AFP
Objetivo do ato é mostrar aos turistas as razões dos protestos contra o governo AFP
Objetivo do ato é mostrar aos turistas as razões dos protestos contra o governo AFP
Objetivo do ato é mostrar aos turistas as razões dos protestos contra o governo AFP
Objetivo do ato é mostrar aos turistas as razões dos protestos contra o governo AFP
Protestantes fazem ato em aeroporto de Hong Kong AFP
Protestantes fazem ato em aeroporto de Hong Kong AFP

A intenção seria esclarecer para os visitantes da China continental os motivos do descontentamento com o governo, já que na região as notícias são censuradas pelo Estado.


Os atos começaram no início de junho, após um projeto de lei que autorizava pessoas que cometeram crimes em Hong Kong serem extraditadas para a China continental. Apesar de o governo suspender o projeto com a pressão dos manifestantes, o movimento foi expandido e novas cobranças como reformas democráticas, direito ao voto para todos e a renúncia da chefe do Executivo, Carrie Lam, entraram na pauta das reivindicações.

Comentários