Embaixada americana em Jerusalém alerta cidadãos para 'tensões elevadas'

Comunicado alerta ainda que 'incidentes de segurança, incluindo foguetes, geralmente ocorrem sem aviso prévio'

Por ESTADÃO CONTEÚDO

Aviso vem em meio ao aumento das tensões entre os EUA e o Irã
Aviso vem em meio ao aumento das tensões entre os EUA e o Irã -
Jerusalém - A Embaixada dos Estados Unidos em Jerusalém divulgou um comunicado, nesta segunda-feira, em que alerta os cidadãos americanos que vivem em Israel a "permanecerem vigilantes e tomarem medidas apropriadas" de segurança. "Tensões elevadas no Oriente Médio podem resultar em riscos à segurança dos cidadãos dos EUA no exterior", diz o documento.

O aviso vem em meio ao aumento das tensões entre os EUA e o Irã, após um bombardeio americano próximo a um aeroporto em Bagdá, no Iraque, ter resultado na morte do general Qassim Suleimani, que liderava as Forças Quds, da Guarda Revolucionária do Irã, na última quinta-feira (pelo horário de Brasília).

O comunicado da embaixada americana em Israel alerta, ainda, que "incidentes de segurança, incluindo foguetes, geralmente ocorrem sem aviso prévio" e dá instruções em caso de ataques aéreos. "A Embaixada continuará analisando a situação de segurança e fornecerá informações adicionais conforme necessário", reafirma o documento.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários