Amazon aumenta salários e vai contratar 100 mil por causa do coronavírus

Empresa americana aposta em crescimento nas vendas online nos Estados Unidos

Por O Dia

Amazon
Amazon -
Estados Unidos -  Com a tendência de aumento nas vendas online nos Estados Unidos nos próximos dias em função da quarentena para tentar conter o avanço do coronavírus, a Amazon anunciou que aumentará os salários e contratará mais 100 mil funcionários. O plano da empresa americana estima um gasto a mais de 350 milhões de dólares (cerca de R$ 1,76 milhões) para suprir a possível demanda nas entregas.

Os investimentos seriam para centros de distribuição, operações de transporte e lojas na América do Norte e Europa. As contratações seriam para períodos integrais ou parciais nos Estados Unidos. Segundo a empresa, o salário por hora de 15 dólares subiria para 17 dólares até o mês de abril.
"Obter um item prioritário à sua porta é vital, pois as comunidades hoje praticam distanciamento social, principalmente para idosos e outras pessoas com problemas de saúde", escreveu o vice-presidente sênior de operações globais, Dave Clark.

Comentários