Fique atento! Ex-funcionário revela segredos sobre doenças nos navios nos cruzeiros

Como será que os vírus e bactérias se disseminam? Entenda

Por iG - Turismo

Cruzeiro Diamond Princess ficou em quarentena devido aos temores do novo coronavírus
Cruzeiro Diamond Princess ficou em quarentena devido aos temores do novo coronavírus -
Rio - A pandemia do coronavírus está afetando o setor de turismo como um todo, e depois de alguns casos de contaminação serem registrados em navios de cruzeiro, esse modelo de viagem ficou bem marcado.
Não é a primeira vez (e nem será a última) que doenças se propagam em navios de cruzeiro . O número de passageiros e espaços fechados ajudam a disseminar os vírus. Mas existe um culpado?

Segundo o ex-funcionário de cruzeiros, David Bruns, muitos passageiros culpam as operadoras pelas doenças dentro dos navios, mas a culpa não pode ser atribuída a eles.

“No porto doméstico os comissários de quarto desinfetam todos os itens de alto toque na cabine, especialmente no banheiro. Esse banheiro, inclusive, tem cerca de 400 bactérias a menos que a sua mesa de escritório”, explica o ex-tripulante.

“Os navios de cruzeiro limpam tudo além do exigido . Eles são obrigados a isso. Como garçom, eu limpava o restaurante e a cozinha diariamente até meus dedos se abrissem. Os mordomos limpavam os botões e trilhos do elevador”, revela o autor do livro Cruises a la Carte.

Mas se a limpeza dos cruzeiros é tão rigorosa, como as doenças ainda se alastram pelo navio? Segundo Bruns, a culpa é toda dos hóspedes. “Você, germofóbico gentil, traz muitas bactérias com você. Pegue sua escova de dentes, por exemplo. Você coloca na boca duas vezes por dia - ou pelo menos deveria. No entanto, sua boca contém bilhões de bactérias. Se você não fechar a escova de dentes molhada, estará potencialmente contaminando-a apenas com a descarga do vaso sanitário”, explica.

"Os verdadeiros culpados são nossos próprios maus hábitos . Lave as mãos depois de usar o banheiro e antes de comer. Você ficaria chocado com o quão poucas pessoas realmente fazem isso”, finaliza.

O lado bom da pandemia atual é que os hábitos de higiene devem mudar entre os turistas do mundo inteiro e, quem sabe, no futuro os navios de cruzeiro fiquem mais limpos?
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários