Os Estados Unidos bateram recorde de casos de covid-19 na última semana - Divulgação
Os Estados Unidos bateram recorde de casos de covid-19 na última semanaDivulgação
Por AFP
Washington, Estados Unidos - A região das Américas viveu nos últimos sete dias uma das piores semanas da pandemia com quase um milhão de novos casos registrados, informou nesta quinta-feira o vice-diretor da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), Jarbas Barbosa.

"Os Estados Unidos bateram recordes de novas infecções na semana passada e estamos vendo tendências de aumento em algumas províncias e estados de países da América do Norte - como México e Canadá - que estão impulsionando os números na região", explicou o médico em uma coletiva de imprensa virtual.

O médico disse que, desde o início da pandemia, mais de 20 milhões de pessoas foram infectadas na região e que 650 mil morreram.

“Temos mais de um em cada quatro casos e um terço das mortes no mundo”, alertou Barbosa.

A entidade apontou que, embora o número de casos continue elevado e aumentando, é importante referir que a “perseverança” de muitos países na implementação das medidas de saúde pública tem sido eficaz no “achatamento da curva”.

Barbosa deu um exemplo da queda de casos no Chile, onde o índice de infecção cai desde julho, e no Paraguai, que também conseguiu diminuir a tendência desde setembro.

Outro aluno destacado pela Opas foi o Uruguai, que apesar de ainda ter "acúmulos de casos", conseguiu interromper a transmissão comunitária.