Donald Trump e Joe Biden, candidatos nos EUA - AFP
Donald Trump e Joe Biden, candidatos nos EUAAFP
Por ESTADÃO CONTEÚDO
Publicado 06/11/2020 13:28 | Atualizado 06/11/2020 13:29
Nova York - O secretário de Estado da Geórgia, Brad Raffensperger, confirmou na tarde desta sexta-feira, 6, que haverá recontagem de votos no Estado. O presidente Donald Trump faz, após resultados desfavoráveis na apuração, uma blitz judicial para tentar reverter as perdas que tem tido em alguns Estados, como a Geórgia, para o seu concorrente democrata.
Por volta das 13h desta sexta-feira, Joe Biden aparecia à frente do presidente Trump no Estado tradicionalmente republicano com uma vantagem inferior a 1.100 votos. As estatísticas apontam empate de 49,4% dos dois candidatos na Geórgia, com 98% das urnas apuradas. Biden - que já garantiu 253 delegados - lidera no Arizona (11 delegados), Geórgia (16), Nevada (6) e Pensilvânia (20). Se confirmar todas as vitórias, alcançará a marca de 306 delegados - 270 são necessários para o triunfo. (Com agências internacionais).