A Índia aplicou, até o momento, 80 milhões de doses de vacinas contra a covid-19
A Índia aplicou, até o momento, 80 milhões de doses de vacinas contra a covid-19AFP
Por AFP
O estado indiano mais afetado pela covid-19, que inclui a megalópole de Mumbai, adotou novas restrições nesta segunda-feira (5), enquanto o país registrou pela primeira vez mais de 100.000 novos casos em 24h.
Com os números, o total de contaminados desde o início da pandemia é de 12,5 milhões no país, com um balanço de 165 mil mortes.
Publicidade
No estado de Maharashtra, o mais atingido pela doença, quase 60.000 novos casos foram registrados nas últimas 24 horas, em uma população de 110 milhões de habitantes (a Índia tem mais de 1,35 bilhão).
As autoridades locais decidiram no domingo antecipar o toque de recolher em uma hora, das 20h para as 19h, aplicar um confinamento no fim de semana e fechar bares, restaurantes, cinemas, piscinas, locais de culto e locais públicos. Além disso, reuniões com mais de quatro pessoas estão proibidas.

O primeiro-ministro indiano Narendra Modi tenta evitar um confinamento nacional, como o de março de 2020, que teve consequências catastróficas para os mais pobres.

A Índia aplicou até o momento 80 milhões de doses de vacinas contra a covid-19.