Presidente turco Recep Erdogan
Presidente turco Recep ErdoganAFP PHOTO / TURKISH PRESIDENTIAL PRESS SERVICE / KAYHAN OZER
Por AFP
Ancara - O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, anunciou nesta segunda-feira (26) um confinamento de 17 dias a partir de quinta-feira para tentar reduzir a propagação da covid-19, cujas infecções dispararam no país.
A medida terá início no dia 29 de abril à noite e permanecerá em vigor até 17 de maio pela manhã.
Publicidade
“Temos que reduzir rapidamente o número de casos para menos de 5 mil por dia, para não ficar atrás da Europa, que inicia um período de reabertura”, afirmou o chefe de Estado turco.
A Turquia registrou mais de 37 mil novos casos de infecção por coronavírus e 353 mortes nesta segunda, após ter chegado a mais de 60 mil casos diários desde o início de abril.
Publicidade
Todos os comércios e atividades não essenciais deverão se manter fechados durante o bloqueio, que inclui o feriado muçulmano de três dias que encerra o Ramadã.
Exceto em casos de força maior, as viagens entre as províncias estarão proibidas.