TIM Music no Samba: Mumuzinho, Xande de Pilares e Bateria do Salgueiro agitam feriado de São Sebastião, este sábado, na Lapa - Eny Miranda/Divulgação
TIM Music no Samba: Mumuzinho, Xande de Pilares e Bateria do Salgueiro agitam feriado de São Sebastião, este sábado, na LapaEny Miranda/Divulgação
Por RICARDO SCHOTT

Rio - "Vamos fazer uma grande festa e vamos levar o samba de volta para o lugar que ele realmente merece", exclama Xande de Pilares, prestes a cantar no evento Tim Music no Samba, ao lado de Mumuzinho e da Bateria do Salgueiro, neste sábado, na Fundição Progresso, no palco São Sebastião - justamente no dia dedicado ao santo.

O cantor apresenta os sucessos de seus dois discos solo. E faz o que o colega Mumuzinho, com quem dividiu muito o palco no antigo 'Esquenta', de Regina Casé, chama de "encontro de gerações".

"A minha geração é a mais nova, o Xande é um pouco mais velho. E ele é o cara que mais representa o samba para todas as idades. Vejo ele como um Zeca Pagodinho do século 21", elogia o amigo. "A história que ele construiu é muito bonita. É um cara de quem sou muito fã".

A bateria do Salgueiro, conhecida como Furiosa, aparece no evento sob o comando do Mestre Marcão. E sobe no palco para o grande orgulho de Xande, que pela terceira vez é um dos autores do samba-enredo da escola, 'Senhoras do Ventre do Mundo'. "Vamos ver se consigo ver minha escola campeã neste ano", torce.

TIM MUSIC

O TIM Music é um evento surgido de uma parceria entre a TIM e a Universal Music para produção de conteúdo, shows e festivais. Em outubro do ano passado, o evento celebrou a música de rua com o TIM Music Urbanamente, que levou para a Fundição apresentações dos rappers Rael Luccas Carlos e Projota, da banda de reggae Onze:20, do coletivo Pirâmide Perdida e da cantora e compositora Clau. A ideia é que cada evento valorize um gênero musical - e uma turma musical.

DVD

Com 2018 já em pleno curso, Xande e Mumuzinho começam a dar novos passos. O ex-cantor do Revelação quer gravar um DVD logo depois do carnaval.

"Meu disco mais recente, 'Esse Menino Sou Eu', já era um disco autobiográfico. Pegou vinte anos da minha história, desde o Revelação. Vou juntar todas essas histórias nesse registro", conta Xande.

TRAPALHÕES

Mumuzinho é outro que prepara lançamento para 2018. "A galera tá cobrando, porque gravei apenas um CD e um DVD e de lá para cá, estou vivendo só de single e EP. Chegou a hora de colocar minhas músicas para fora, lançar músicas novas", afirma o cantor e ator, que viveu o Mussa na nova versão de 'Os Trapalhões' recentemente.

"Foi fantástico ter convivido com o 'seu' Renato (Aragão), o 'seu' Dedé (Santana), ter entendido aquela história de quarenta anos de sucesso. Sabe aquele presente que você ganha e que você nunca imaginou? Foi o que aconteceu comigo. A partir daí vi que eu sou ator. Antes eu só brincava de atuar", conta ele.

Para solidificar o trabalho, Mumuzinho teve vários encontros com a família de Mussum, viu muitos vídeos e passou "um bom tempo no YouTube", pesquisando coisas sobre o trapalhão morto em 1993. "Adoraria que a Globo fizesse uma segunda temporada (a assessoria do canal não confirma a continuidade de 'Os Trapalhões'), mas se for só isso, missão cumprida".

Você pode gostar
Comentários