Flávio Bolsonaro ataca Hamas no Twitter e em seguida apaga publicação

Em comunicado, o grupo havia dito que a visita do presidente brasileiro não ajuda na estabilidade e segurança da região e ameaça os laços do Brasil com países árabes e muçulmanos

Por ESTADÃO CONTEÚDO

Senador Flávio Bolsonaro
Senador Flávio Bolsonaro -

São Paulo - O senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), filho do presidente Jair Bolsonaro, publicou nesta terça-feira, no Twitter, uma espécie de "resposta" ao movimento palestino Hamas, que criticou a visita do chefe do Executivo brasileiro a Jerusalém. "Quero que vocês se EXPLODAM!!!", postou Flávio Bolsonaro, com a imagem do título de uma reportagem que noticiava as críticas do grupo à visita.

Pouco tempo depois, ele apagou a publicação e não deu esclarecimentos.

O Hamas, que controla a Faixa de Gaza, condenou a viagem de Jair Bolsonaro a Israel. Em comunicado, o grupo disse que a visita do presidente brasileiro não ajuda na estabilidade e segurança da região e ameaça os laços do Brasil com países árabes e muçulmanos. "Em particular, o Hamas denuncia a visita do presidente brasileiro à Cidade Sagrada de Jerusalém acompanhada do primeiro-ministro de Israel", diz o texto do Hamas.

Comentários