Mais Lidas

Diretor-geral da PF será blindado pelo governo

Deputados da base receberam orientação do Palácio para derrubar todos os requerimentos de convite e convocação do DG na Câmara e Senado

Por Leandro Mazzini

Rio - Alvo até do Supremo Tribunal Federal por suas declarações contraditórias, o diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segovia, será blindado pelo governo. Deputados da base receberam orientação do Palácio para derrubar todos os requerimentos de convite e convocação do DG na Câmara e Senado. Desde que assumiu o comando da corporação, Segovia tem falado além da conta, em entrevistas que conotam desqualificar investigações da própria PF sobre o presidente Michel Temer. Não bastasse, o delegado já se reuniu com Temer no Palácio a sós, fora da praxe do cargo.

Quem segura

Dois padrinhos seguram, hoje, Segovia no cargo. O presidente Temer e o ex-presidente José Sarney. Se dependesse das associações dos policiais e delegados, já tinha caído.

História

O aprovado 'mandado de busca e apreensão e de captura coletivo' no Rio tem precedente. Foi ferramenta jurídica utilizada no regime militar pela Polícia do Exército.

Bloco do arrastão

A sede da Associação Nacional dos Advogados da União (Anauni) foi assaltada em Brasília durante o Carnaval. Levaram computadores e documentos.

Técnicos x oportunistas

Há dois perfis analisados pelo Palácio para o cargo de ministro da Segurança Pública. Os especialistas, que não trocam consultorias no mercado pelo pepino de um gabinete em Brasília. E os oportunistas de plantão, com vistas a uma vitrine para disputar cargos eletivos futuramente. Esses, descartados mas por ora. O Palácio vive agonia.

Tchau, querida

Como não demitiu Luislinda Valois para se preservar com o PSDB, o presidente Temer forçou seu pedido de demissão. Tirou-lhe poder, conforme a Coluna antecipou domingo. 'Direitos Humanos' vai virar secretaria no bojo do Ministério da Segurança.

Fórum social

A turma que pretende monitorar as ações do Exército no Rio fala em controle social da intervenção. As metas: preservar vidas; denunciar violações; e formular agenda positiva.

Em casa

Carolina Pimentel, primeira-dama do governo de Minas, é assediada por partidos aliados para se candidatar a deputada federal. Ela foi alvo da PF na Operação Acrônimo.

Frente partidária

A intervenção no Rio será discutida hoje na Câmara Federal por presidentes das fundações Leonel Brizola (PDT), Perseu Abramo (PT), Maurício Grabois (PCdoB) e João Mangabeira (PSB). Vão lançar o 'Manifesto Unidade para Reconstruir o Brasil'.

Quem procura...

Fiscais da Secretaria de Fazenda de São Paulo vão solicitar esclarecimentos da Procuradoria do Estado para entender por que o procurador Alexandre Aboud acompanha todas as fiscalizações feitas nas empresas que compram produtos da Refit, antiga Refinaria de Manguinhos. Em outras ações, Aboud não dá as caras.

...acha

Aboud já é conhecido por ter feito palestra em evento patrocinado por distribuidores de combustível em que, na época, disse que iria "extirpar" a Refinaria de Manguinhos do mercado. O que também é estranho é o fato de Aboud ser amigo de Facebook do principal advogado do Sindicom, Luciano Godoy.

Manaus na rota

O senador Eduardo Braga (PMDB-AM) vai ao Itamaraty solicitar ao chanceler Aloysio Nunes Ferreira que o Amazonas seja incluído nas medidas que o governo federal prepara de controle da imigração de venezuelanos em Roraima. Braga teme que a turma se desloque pelos rios para Manaus. A capital, aliás, já tem muitos refugiados ilegais.

Lula lá (na mostra)

Lula confirmou presença na abertura da exposição 'Legado do PT Nossa História', que a Fundação Perseu Abramo promoverá na quinta na Casa de Portugal, em São Paulo.

Homenagem

Durante o Congresso Nacional do PDT, dia 8, Manoel Dias, presidente da Fundação Leonel Brizola, receberá o título de Benemérito da Academia Brasileira de Engenharia de Segurança do Trabalho , oferecido pelo presidente da entidade, Evaldo Valladão.

Em campanha

Ciro Gomes - Divulgação / Agência Brasil

Ciro Gomes começará sua caravana presidencial pelo Ceará. Dias 1º, 2 e 3 de março, o candidato irá com Carlos Lupi, presidente do PDT, aos principais municípios do estado. A caravana se chamará Rota 12, seu número na urna.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários