Julgamento foi marcado pelo presidente da Corte, o ministro Luiz Fux  - Fellipe Sampaio / STF
Julgamento foi marcado pelo presidente da Corte, o ministro Luiz Fux Fellipe Sampaio / STF
Por Leandro Mazzini
As polícias Civil de São Paulo e do Paraná seguem numa força-tarefa investigando os destinos de voos fretados e particulares que decolaram de Maringá (PR) e cidades da região desde sábado, quando o traficante André de Oliveira Macedo, o André do Rap, saiu da penitenciária de Segurança Máxima de Presidente Venceslau, interior paulista. Há informes de que pelo menos três jatinhos decolaram da região no sábado. Os policiais desconfiam de que ele fugiu para o Paraguai, onde a sua facção tem forte atuação. A tentativa de recaptura do traficante é ininterrupta desde a decisão do ministro presidente do STF, Luiz Fux, que revogou liminar em habeas corpos concedida pelo ministro Marco Aurélio Mello.

Esse plantão...
André do Rap tem duas condenações em segunda instância e é considerado de alta periculosidade pelas autoridades. O ministro se esqueceu de analisar isso.

É muita fé
A Igreja convidou o prefeito Bruno Covas, um dos 15 candidatos este ano, a fazer leitura na missa na Basílica de Aparecida ontem, festa da padroeira transmitida em rede.

Bo(u)los
Candidato em ascensão em SP, Guilherme Boulos (PSOL) postou no Twitter que vai cobrar os R$ 4 bilhões de dívida ativa do Itaú com a Fazenda Nacional. Mas o ‘psolista’ ainda deve R$ 36, 4 mil na mesma PGFN, da sua campanha a presidente.

Da toga
O ministro Gilmar Mendes ficou irritado com retirada de ações da Lava Jato da Segunda Turma. O ministro Marco Aurélio ficou bravo ao ser questionado por HC a traficante e porque a PGR recorreu ao presidente do Supremo, e não a ele – que manteria a soltura. O presidente da Corte, Luiz Fux, parece estar colocando ordem na Casa.

Olhos fechados
Onde não há lei ou regulamentação, cria-se brecha para o imoral. Tem parlamentar da frente da saúde de olho na inépcia da ANS e dos planos sobre a ação de corretores que cobram taxa de cadastro para clientes, além da comissão que já ganham das operadoras.

Alô, 190
Quem não paga uma inscrição em TED na conta do corretor, não tem o cadastro concluído. É caso de polícia. Bancas de direito informam que o cidadão não é obrigado a pagar essa taxa, e se tiver o cadastro bloqueado por isso, pode ir à Justiça.

Mundo cão
O STJ decidiu que vão ao tribunal do Júri cinco médicos de Minas acusados de matar, em 2000, uma criança com traumatismo, para retirar seus órgãos para transplante.

Mais esperança
O escrivão da PF Ney de Carvalho Almeida, aluno de Biotecnologia da Universidade Estadual do Ceará, testa a eficácia de vacina para SARS-CoV-2 contra o coronavírus.

A conta
Esse caso polêmico da validade ou não do habeas corpus da soltura do traficante André do Rap, que rachou o STF, não aconteceria se não fosse o açodado debate na própria Corte a respeito da revisão, em tão pouco tempo, do entendimento sobre a obrigatoriedade da prisão para condenados em segunda instância.

Lembrete
O que conotou à ocasião é que o plenário do Supremo, sob presidência de Dias Toffoli, colocou em votação uma ação com intuito de dar brecha para liberdade de Lula da Silva

Prêmio perdido
A informação é do Boletim de Notícias Lotéricas, do Instituto Jogo Legal: As empresas International Game Technology e Scientific Games International desistiram de operar a Lotex, após vencerem a licitação. Queriam regalia, recusada pela Caixa: vender os jogos nas casas lotéricas. Seria concorrência desleal com o proprietário do estabelecimento.

Zé Esplanador
O Zé, nosso leitor diário, sabe que Perguntar não ofende, Cobrar é de direito. Então se questiona por que no Congresso não surge uma lei que obrigue juiz que solta traficante de alta periculosidade a auxiliar a polícia a capturá-lo?

ESPLANADEIRA

# Prêmio da ABF/Apex-Brasil reconhece franquias destaque na internacionalização em 2020: Redes Coife Odonto!, Hot’n Tender, Maple Bear e Chilli Beans são as vencedoras da 1ª edição da premiação