Mais Lidas

STF dá drible na sociedade e atropela TRF-4

Em abril, um ou mais ministros poderá pedir vista do HC e segurar a prisão de Lula por meses ou até ano que vem

Por

Brasília - Apesar de ter cravado para 4 de abril o julgamento do habeas corpus do ex-presidente Lula da Silva, o STF deu um drible na sociedade - nos prós e contras a prisão - e atropelou o TRF da 4ª Região.

Em abril, um ou mais ministros poderá pedir vista do HC e segurar a prisão de Lula por meses ou até ano que vem. Mas, nos bastidores, sugerem que ele pagará um preço: também não poderá ser candidato à presidência porque os ministros do TSE não lhe concederão o 'indulto'.

Precedente

O plenário já se perdera em votos confusos quando livrou o senador Aécio Neves da cadeia, diante de evidências no pedido da PGR.

Checkin combinado

Curiosamente, em dia de decisão importante, pelo menos três ministros usaram a agenda para debandada do plenário. E motivaram a onda da liminar pró-Lula.

Café frio

Um atento advogado constatou: o intervalo das sessões do STF é de 15 minutos, na praxe. Ontem, durou 52 minutos. Um mistério o convescote dos togados no salão.

...unidos

Na última terça, o Decreto nº 9.318 promulgou o "Acordo Quadro sobre Cooperação em Matéria de Defesa entre o Governo do Brasil e o Governo do Paraguai", firmado em 2007. É a turma da segurança se unindo contra o crime.

Campus abertos

O presidente Michel Temer acaba de criar mais três universidades federais no Centro-Oeste, como extensões de existentes. As Federais de Catalão (Lei 13.634) e Jataí (Lei 13.635), em Goiás, e a Federal de Rondonópolis (Lei 13.637) no Mato Grosso.

Renasceu

O DEM, que definhava, virou grande no Congresso com a ascensão súbita de Rodrigo Maia à presidência da Casa. Eram 20 deputados eleitos em 2014. Chegou a 40 agora.

Tô fora

O senador Magno Malta (PR-ES) negou convite de Jair Bolsonaro (PSL-RJ) para ser vice na chapa presidencial. Malta vai tentar a reeleição, mas vai trabalhar pelo capitão.

Hermanos

O general Sérgio Etchegoyen, do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência, pretende se reunir dia 15 de abril na Tríplice Fronteira no Sul com colegas da Argentina, Uruguai e Paraguai para debater estratégias de segurança na região.

Indústria

O setor de tecnologia no Brasil precisa superar barreiras como a "alta tributação internacional" de produtos. É a linha que segue o ex-ministro das Cidades e hoje diretor da Firjan Marcio Fortes, que se debruça em números de variados setores da economia.

Quase tumulto

Em meio ao caloroso bate-boca entre os ministros Gilmar Mendes e Luís Barroso no plenário do STF na quinta, seguranças da Corte foram acionados pelo rádio, pela chefia, sobre a possibilidade de os magistrados entrarem em "vias de fato".

Adeus à Beata

Morreu na terça em Brasília Dna. Maria Cora Monclaro de Mello, a maior 'lobbista' católica na Assembleia Constituinte em 1987, responsável pela inclusão na Constituição da liberdade da religião, respeitando proteção aos locais de culto e liturgias. Só um padre apareceu no velório.

Correção

O juiz André Luiz Schafranski, achado morto em Ponta Grossa (PR), não é federal, e sim estadual, e não é da Operação Carne Fraca. Foi confundido com um homônimo.

Lustres cósmicos

A designer carioca Bianca Cardoso expõe de 31 de março a 7 de abril um conjunto de 12 luminárias na exposição "Força Cósmica", com traços peculiares, na Fábrica Bhering, onde amanhã lança a coleção.

Ponto Final

Tudo sobre o nada de ontem no STF: Lula será um preso que não poderá ser preso até dizerem se pode ser preso!

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários