Maia e Eunício usaram jatinhos da FAB, sob custos da União, para fazer pré-campanha

Presidente da Câmara foi ao Rio, usou prerrogativa do cargo e, no drible regimental, o fato de ter residência na cidade

Por LEANDRO MAZZINI

Brasília - A quatro meses das eleições, os presidentes da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), usaram jatinhos da Força Aérea Brasileira, sob custos da União, para fazer pré-campanha.

No último sábado, 9 de junho, Rodrigo Maia embarcou em Brasília às 6h35 com destino ao Rio de Janeiro onde, durante o dia, participou de evento do DEM para apresentação de seu plano de governo como pré-candidato ao Planalto. Retornou a Brasília às 20h30, também em voo da FAB. Usou a prerrogativa do cargo e, no drible regimental, o fato de ter residência na cidade. A Coluna procurou as assessorias, que não responderam até o fechamento.

No sertão

No mesmo sábado, o senador Eunício passou o dia no interior do Ceará e embarcou num jato da FAB em Juazeiro do Norte rumo a Guarulhos, e depois para Brasília.

Acenos

Pesquisa após pesquisa, o movimento de tentativa de reaproximação entre tucanos e democratas é o mesmo. De um lado, o pré-candidato tucano Geraldo Alckmin (SP), aberto à eventual aliança; do outro, Rodrigo Maia (DEM), direcionando a legenda para a via Ciro Gomes (PDT-CE). Mas ainda está cedo.

Renúncia

O Senado agora analisa destaques na derrubada do artigo 198 do Código Tributário Nacional que veda a divulgação dos nomes de pessoas beneficiadas por renúncia fiscal.

Cerceamento

De autoria do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), a proposta 188/2014 que prevê a publicidade dos nomes está pronta para ser votada depois de quatro anos tramitação. "Privar o cidadão brasileiro do acesso a essas informações contribui para cercear sua capacidade de fiscalizar o governo", justifica o senador.

Quem te viu

O governador Paulo Câmara (PSB), que tentará a reeleição em Pernambuco, dança um frevo tenso para fazer dois inimigos históricos se unirem em sua chapa para disputarem o Senado: Jarbas Vasconcelos (MDB) e Humberto Costa (PT).

A conferir

Mas o resultado por ora tem rendido. Embora bem longe um do outro, Jarbas diz que não teria nenhum problema em pedir votos para Humberto Costa; e a recíproca do petista é verdadeira.

Custo Brasil

O caríssimo IPVA cobrado para os veículos no Brasil possui uma distância enorme do cobrado nos Estados Unidos. Diferente dos quase R$ 1 mil que um motorista de carro 1.0 paga aqui, lá nos EUA não ultrapassa os US$ 60 (cerca de R$ 400 reais.

Garotos de recado

Nova caravana à cela: O senador petista Jorge Viana conseguiu aprovar requerimento para levar um grupo a Curitiba para nova visita a Lula. Para verificar as condições do quartinho onde está - o motivo de outras visitas. Não há outros nomes confirmados.

No deles

Segundo o senador Viana, a visita não terá custo para o Senado, e cada parlamentar que confirmar o nome arcará com todas as suas despesas.

Sinart - BPS

Segue a lambada (ou lambança?) da concessão do Aeroporto de Porto Seguro, que perde em estrutura para muitas rodoviárias. A Sinart (e não Sinait, como publicamos) venceu a licitação para administrar em 2008, avisa o Governo da Bahia, proprietário do terminal. O aeroporto recebe média de 15 voos diários, e quase 80 diários no verão

Hein!?

Agora vem o mistério. A concessão venceria este ano, mas, segundo o Governo, foi prorrogada até 2023, "devido aos serviços em andamento e investimentos realizados no terminal". Como revelou a Coluna, o terminal tem goteiras; e há anos pouco espaço para mobilidade - cheio de quiosques - portas de banheiros sem trancas, etc etc.

São João na Feira

Começaram as festividades na Feira de São Cristóvão, tidas como o maior São João do Rio. Serão mais de 60 quadrilhas durante os três meses. O circuito reconhecerá, juntamente com a União das Entidades de Arraias e Grupos de Quadrilhas do Estado, a melhor quadrilha, que levará um troféu, uma medalha e um almoço comemorativo.

Já em Brasília...

...Sabemos onde se encontra a maior quadrilha do país.

 

Comentários