Governo Bolsonaro anunciará medidas para combater fraudes no INSS

As regras já entrarão em vigor por força de Medida Provisória

Por Leandro Mazzini

Rio - O governo de Bolsonaro (PSL) vai oficializar nos próximos dias uma série de medidas para combater fraudes e corrigir erros da Previdência. As regras já entrarão em vigor por força de Medida Provisória. No Senado, um projeto (PLS 411/2014) com o mesmo teor (combate às fraudes no sistema previdenciário) se arrastou por quatro anos e foi engavetado ao fim da Legislatura, em 2018. A proposta tem pontos que serão aproveitados na MP de Bolsonaro, como penas duras e multas para os responsáveis por gestão fraudulenta dos recursos.

Arrumou a Casa

A passagem do procurador federal Edison Garcia pelo comando do INSS, com foco na eficiência, foi elogiada por ministros de Temer e do presidente Bolsonaro.

Cercado

Aqueles que acompanham o caso bem de perto indicam que a Polícia Federal e a Interpol estão bem perto da captura do italiano Cesare Battisti. Sim, Interpol.

Na mão

O serviço Sedex dos Correios não é mais o mesmo, indicam usuários. Um leitor da Coluna conta que encomendas despachadas no início de dezembro, muitas que seriam presentes de Natal, não chegaram ainda no Norte. Até o SEDEX 10 que, em tese, chega no dia seguinte, tem atrasado dias para a região. Até um laudo médico para Macapá (AP) não chegou a tempo para uma cirurgia.

Na mão 2

A situação é crítica no Rio de Janeiro para os carteiros. Muitas comunidades não são atendidas, por questões de segurança - mesmo com a taxa inédita de risco.

Blindagem...

No apagar das luzes da legislatura, em dezembro, deputados da Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado da Câmara aprovaram um projeto de lei (PL 7315/2017) que altera a Lei de Acesso à Informação e dificulta o acesso a dados sobre agentes públicos de segurança.

...virtual

Texto restringe o acesso a informações que permitam a identificação de servidores civis e militares que trabalham com Segurança Pública, incluindo integrantes do Ministério Público Federal e Estadual, policiais, agentes prisionais e agentes de trânsito. Na justificativa do projeto, o autor, deputado Capitão Augusto (PR-SP), alega que "o livre acesso aos dados expõe e torna vulneráveis os profissionais da área".

Quase-eleitos 1

Um nome do PSL será o 1º vice-presidente na chapa de Rodrigo Maia (DEM), o quase-eleito para a presidência da Câmara Federal.

Quase-eleitos 2

João Campos (PRB-GO), que abriu mão da candidatura à presidência da Câmara sexta, deve ser o 2º vice-presidente na chapa de Maia.

Tchau, Brasília

Derrotado na eleição, o deputado federal Heráclito Fortes (DEM-PI) despediu-se de Brasília e dos amigos com jantar de primeira na Trattoria da Rosário. Entre os convidados do governo Temer e do governo Bolsonaro, o ministro Ricardo Salles, do Meio Ambiente.

Energia

A usina binacional Itaipu mantém recorde mundial de geração. A chinesa Três Gargantas segue em segundo lugar, mesmo 60% maior que Itaipu - que bateu recorde mundial em 2016, com 103,1 milhões de MWh gerados.

Guedes & Co.

Taxa extra foi alvo de muitas críticas - Divulgação

Vem aí... a privatização dos Correios.

Comentários