Operação da PF que cercou Bivar já era planejada

No dia 21 de agosto, a PF e o Ministério Público pedem buscas em endereços ligados a Bivar, PSL e supostos ‘laranjas’ da campanha de 2018, mas dia 9 de setembro uma juíza da primeira instância indefere

Por Leandro Mazzini

Carlos Henrique de Oliveira
Carlos Henrique de Oliveira -
Brasília - A operação da Polícia Federal que cercou a sede do diretório do PSL em Pernambuco e o presidente do partido, deputado federal Luciano Bivar, em buscas e apreensões, era bola cantada nos meandros do Judiciário e seguiu um curioso script. No dia 21 de agosto, a PF e o Ministério Público pedem buscas em endereços ligados a Bivar, PSL e supostos ‘laranjas’ da campanha de 2018, mas dia 9 de setembro uma juíza da primeira instância indefere. Três dias depois, o MP recorre e na segunda-feira o plenário do TRE do Estado autoriza as buscas. Na terça as patrulhas foram às ruas na Operação Guinhol.

Conexão Recife-Rio

O Superintendente da PF em Pernambuco, Carlos Henrique de Oliveira, elogiado na corporação, liderou o cerco. Mas ele está de malas prontas para o Rio de Janeiro.

Ronda básica

O delegado federal Carlos Henrique já fez até imersão por alguns dias na Superintendência da PF na zona portuária do Rio. Deve assumir o cargo até fim do ano.

Mineração

Com detalhes guardados a sete chaves, a Casa Civil do Palácio do Planalto finaliza o escopo do projeto que será enviado ao Congresso Nacional para a liberação da exploração econômica em terras indígenas. O polêmico tema já está em discussão em pelo menos duas Propostas de Emendas Constitucionais em tramitação na Câmara.

Lavras fast

Nos últimos dias, garimpeiros têm frequentado a Esplanada dos Ministérios e se reunido com ministros da cúpula do Governo Bolsonaro. Ouviram do chefe da Casa Civil, Onix Lorenzoni, a garantia de que mais de mil requerimentos de outorga de lavra serão analisados “em curtíssimo prazo”.

Alckmin aliviado

A Justiça de São Paulo derrubou ação de improbidade administrativa impetrada pelo promotor Ricardo Castro contra o ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB). Alegava desvio de R$ 3 bilhões do Fundeb para pagar aposentados e pensionistas da educação. Mas há dois artigos em Lei estadual complementar que autorizam esse remanejamento.

Joais do paraíso

O Governo federal vai colocar à venda duas mansões na exclusiva Península dos Ministros, no Lago Sul, Brasília. Estão no pacote da Secretaria de Patrimônio da União.

Imóvei$

A SPU publica, nos próximos dias, editais de venda de 28 imóveis da União em seis Estados e no DF. A expectativa de arrecadação é de R$ 46 milhões.

Laranjais...

Enquanto as investigações sobre suspeitas de candidaturas de ‘laranjas’ do PSL avançam Brasil afora, apurações que envolvem candidatas de outras legendas permanecem paradas.

...do Brasil

Em São Paulo, por exemplo, o Ministério Público estadual identificou ao menos 60 casos suspeitos de candidatas ‘laranja’ de legendas como Solidariedade, Patriota, Podemos, PHS e PMB. Já em Sergipe, as investigações miram o MDB, PSDB e PSB.

Pingos de óleo

Deputados e senadores terão mais R$ 2,16 bilhões do Orçamento deste ano para atender suas bases eleitorais. A liberação do valor em emendas pelo Ministério da Economia chega às vésperas da votação do segundo turno da reforma da Previdência no Senado.

Do barril

O repasse, de acordo com a equipe econômica, virá da arrecadação de pelo menos R$ 106,56 bilhões com o leilão do pré-sal dia 6 de novembro. Este ano, o montante de emendas já soma R$ 9,1 bilhões para as individuais e R$ 4,6 bilhões para as de bancada.

MERCADO

Rio caro

Estudo realizado pelo Classificados do Mercado Livre apontou que entre os 10 bairros mais caros da América Latina, três são cariocas: Leblon (3º lugar – R$ 21 mil o m²), Ipanema (4º lugar – R$ 19 mil o m²) e Lagoa (6º lugar – R$ 16 mil o m²). A plataforma analisou anúncios de imóveis de São Paulo, Rio de Janeiro, Buenos Aires, Cidade do México, Montevidéu e Santiago. O primeiro lugar ficou com Puerto Madero (R$ 25,4 mil o m²), badalado bairro de Buenos Aires.
ESPLANADEIRA

O livro "Brumadinho - a engenharia de um crime", dos autores Lucas Ragozzi e Murilo Rocha, será lançado no próximo dia 23, às 19h, no teatro da ALEMG em Belo Horizonte. 
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários