Você se deu mal com os bancos

Empresários que procuram seus gerentes encontram telefones desligados, além das agências fechadas. Quando há informação, é desencontrada e negativa

Por O Dia

deputado laércio oliveira
deputado laércio oliveira -
Brasília - Os bancos (mais uma vez) estão de sacanagem com o povo em meio à crise sem igual da Saúde pública e com o mercado paralisado. A Febraban fez comunicado e propaganda envolvendo os cinco maiores, mas não há ação coordenada nem interface entre as instituições. A federação empurrou para eles a responsabilidade. No entanto, nenhum banco oferece facilidades para adiamento de cobrança de empréstimos e outras dívidas, conforme apurado pela coluna. Empresários que procuram seus gerentes encontram telefones desligados (além das agências fechadas). Quando há informação, é desencontrada e negativa. E as contas estão vencendo, com juros e mora cobrados.
Sofra, cidadão
Os grandes bancos, oficiais e privados, que sempre recorrem ao Tesouro e BC para se salvarem em crises, mostram agora com quem você pode contar: com nenhum deles.
Patrimônio & Saúde
O governo vai usar imóveis da União inutilizados e ou abandonados para estruturas de hospital de campanha. Decidiu que é melhor que o gramado de arenas multiuso.

Check-out
O 55 Rio Hotel, três estrelas da Lapa, fechou as portas na segunda-feira, por falta de clientes. O Centro do Rio está repleto de mendigos. E não é o único hotel.
Corona fest
Essa pandemia vai desistir do Brasil. Nada aqui dá certo, nem virose, e tudo se leva na brincadeira. Duas semanas atrás publicamos nas nossas redes sociais um vídeo surreal de passeata (isso mesmo) de moradores de São Vicente Ferrer (PE) contra o coronavírus. No domingo, a PM do município de Brumado (BA) interrompeu a coronafest, numa área de eventos, e mandou 30 jovens para dentro dos camburões.
Você.Gov
O governo federal também está aceitando doações de equipamentos para combate ao coronavírus. A Central de Compras do Ministério da Economia abriu o Chamamento Público (2/2020) “para recebimento, em caráter de doação, de desktops, notebooks e tablets”. Até dia 8 de abril.

Tão perto, tão longe
O ex-prefeito de Maringá Silvio Barros II, 63, segue internado na UTI de um hospital da cidade, em observação; inspira cuidados e respira sem ajuda de aparelhos, se tratando contra coronavírus. Vem a ser o irmão do ex-ministro da Saúde Ricardo Barros.

Revolta de Quito
O governo fretou um voo e vai buscar dezenas de brasileiros turistas retidos em Quito. Tudo passou pelo Itamaraty. Muitos já sem hotel e nas ruas passavam até fome.

Mas...
... turistas brasileiros em outros países, que não usaram as redes sociais para chamar atenção, foram esquecidos.

Verticalização do prazo
O deputado federal Laércio Oliveira (Progressistas-SE) - foto - defende que o governo empreste recursos para estados e municípios com mais dificuldades em caixa. Assim,aumentariam prazos de impostos. E as empresas poderão manter os pagamentos em dia de forma a não desencadear um movimento de inadimplência generalizada.
Compensação
O parlamentar engrossa o coro dos que defendem que os Três Poderes reduzam (temporariamente) os salários dos servidores, inclusive dos congressistas. “O Legislativo, a começar por nós deputados, mas também o Executivo e o Judiciário de servidores com salários mais altos, excluindo-se profissionais da área de Saúde.

Time Brasil
O Comitê Olímpico do Brasil negocia o aditamento dos contratos com fornecedores para os Jogos Tóquio 2020. A Air Canada, que fará o traslado aéreo da delegação brasileira para Tóquio, vai remarcar as datas de voos.

Fala, campeão
“Estamos mantendo tudo do mesmo jeito para o ano que vem. Vamos estudar cada contrato no jurídico. Terão aditivos, prorrogando até 2021. Pela previsão, não teremos mais gastos”, diz o diretor-geral do COB e campeão olímpico, Rogério Sampaio.

Esplanadeira
# O site Shoptime estendeu o fidelidade Prime, que atende as regiões Sul e Sudeste,para seus clientes com mais de 60 anos. A iniciativa visa a facilitar o acesso dos idosos com frete grátis.
# Andrade Silva Advogados realiza amanhã um webinar sobre os impactos da Covid-19 nos contratos. O objetivo é apresentar alternativas jurídicas para as empresas.

Comentários