Mais Lidas

Segunda edição do Forró In Rio acontece na quadra da São Clemente

Evento apresenta grupos de forró (chamados tradicionalmente de ‘Trios’, independentemente da quantidade de integrantes) eworkshops de dança

Por karilayn.areias

Rio - A segunda edição do Forró In Rio — Festival Internacional de Dança acontece hoje e amanhã, na quadra da escola de samba São Clemente, na Cidade Nova, Centro do Rio. O evento apresenta grupos de forró (chamados tradicionalmente de ‘Trios’, independentemente da quantidade de integrantes), workshops de dança com professores cariocas e vindos de outros sete estados, entre eles São Paulo, Espírito Santo e Bahia. Com ingressos a preços acessíveis, as apresentações acontecem das 22h30 às 4h.

Trio Nordestino é uma das atrações do festivalDivulgação

“Uma iniciativa como essa é importante, porque valoriza e divulga a nossa cultura. E mostra para o mundo que nosso país não tem só samba e bossa nova como estilos musicais. Tem o forró como MPB e ritmo forte e conceituado também”, diz Beto Sanfoneiro, do Trio Nordestino, que participa do festival.

Marinho Braz e Liene Lora, professores de dança e idealizadores do projeto, esclarecem que o evento oferece aulas durante o dia e show à noite. Para Marinho, que já levou o forró para mais de 20 países, em 17 anos, o Forró In Rio é uma forma de reconhecimento, valorização e coroação de um ritmo que já foi marginalizado no passado.

“Queremos atrair novos e velhos amantes do forró e da cultura nordestina para a cidade, trazendo junto um pedaço do Nordeste para que este público se sinta aconchegado”, conta o idealizador, que completa: “Nosso festival tem representantes em todas as partes do mundo e, desta forma, conseguimos conquistar público estrangeiro e brasileiro, possibilitando um grande intercâmbio entre as culturas e ainda apresentando para todos os países as riquezas do nosso Brasil”.

Trio Virgulino também estará no Forró In RioDivulgação


Liene garante que a segunda edição terá música da melhor qualidade e muita dança para os ‘forrozeiros’. “Temos a possibilidade de valorizar o forró, incentivando o estudo deste movimento tão rico, com tanta bagagem e inúmeras possibilidades. A ideia é manter viva essa chama que faz parte da cultura do país”, diz a professora de dança.

PROGRAMAÇÃO

Pelo palco da quadra da São Clemente passarão seis tradicionais trios, entre eles Trio Potiguá, Trio Xamego, Trio Dona Zefa e Trio Virgulino. Além dos DJ’s Xeleléu e Will Faria. Os idealizadores frisam que a escolha das atrações levou em consideração a trajetória das bandas dentro do movimento. “Todos têm muita história para contar. O mais antigo deles, que é o Trio Nordestino, tem 59 anos de existência. Todos são muito queridos pelo público e sempre arrastam multidões por onde passam”, revela

Liene Lora. Ela acrescenta ainda que todas as atrações tocarão o chamado ‘forró pé de serra’ (criado por Luis Gonzaga lá no pé da Serra do Arararipe). “É um estilo que foi resgatado com a chegada do forró no Sudeste na década de 1990, com uma dança mais contemporânea e músicas que falam da realidade do Sudeste e não mais somente do Nordeste”, ensina.

Também professor, Evandro Paz ministra aulas hoje ensinando como se deslocar pelo salão ao som do forró. “É a dança mais democrática. Pessoas de todas as idades, classes sociais, ideologias e tribos amam forró. É o ritmo que mais enche a pista de dança nos bailes”, garante o paulista com 22 anos de experiência. “Ser forrozeiro está além da dança, é uma missão de vida. Um modo de viver de forma mais simples, desde as roupas até as atitudes sociais”. 

Programação para 'forrozear' hoje e amanhã

SHOWS 

HOJE: Trio Nordestino, Trio Dona Zefa, DJ Darvin Orlan. A partir das 22h30.

AMANHÃ: Trio Virgulino, Trio Potiguá e DJ Marinho Braz. A partir das 22h30. Quadra da escola de samba São Clemente. Av. Presidente Vargas 3.102, Cidade Nova. R$ 40 a R$ 105 (passaporte). 

WORKSHOPS (professores/atividades)

HOJE

13h/14h30:Marinho Braz (xote); Amaral Alves (Passinho do Itaúnas); William Santos (puladinho e merenguinho).

14h45/16h15: Liene Lora e Marinho Braz (damas e cavalheiros); Victor Catedral (floreio de pernas);Valdeck Farias (técnicas de pegadas).

16h30/18h: Daniel Maia (Sacadas de pernas); Evandro Paz (deslocamento pelo salão); Witheney (movimentação de braços). Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro. Rua José Higino 115, Tijuca. R$ 50 a R$ 120.

Mais informações: www.forroinriofestival.rio

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia