'As séries mudaram tudo', diz Mel Lisboa sobre mercado audiovisual

Atriz conta como é trabalhar sem ter contrato longo com TV

Por Gabriel Sobreira

Mel Lisboa
Mel Lisboa -

Rio - Desde 2013, quando se afastou de 'Pecados Mortais', novela da Record TV, para se dedicar exclusivamente ao espetáculo 'Rita Lee Mora ao Lado - O Musical', Mel Lisboa tem se dedicado mais ao mundo das séries, tanto de plataformas online quanto em TV por assinatura (com exceção de uma participação de sete capítulos na novela 'Dez Mandamentos', em 2015, também da Record TV).

"O mercado abriu bem, não precisa ficar só na TV aberta. Você tem várias outras possibilidades de trabalho. Não precisa depender dela. Faz muito tempo que não tenho contrato (de longa duração) e que trabalho como frila. Vou me arranjando e fazendo minhas coisas", conta ela, que estreia em março na série 'Coisa Mais Linda', da Netflix, em que vive Thereza, uma escritora moderna e independente.

"As séries mudaram tudo, sem dúvida. O mercado, a forma de consumo do audiovisual, o espectador mudou o que ele busca, o trabalho em si, as produtoras", observa a atriz de 36 anos, com 18 de profissão. "Eu tinha feito uma outra série, 'Pacto de Sangue' (do canal Space), que está no catálogo da Netflix. Está toda a primeira temporada disponível lá", destaca.

Depois de reviver Rita Lee na TV (na minissérie 'Elis - Viver É Melhor Que Sonhar', da Globo), aproximadamente três anos depois de o espetáculo sair dos palcos, Mel revela que falou com a artista que voltaria a interpretá-la e diz que o contato entre elas é "meio distante". "Ela é muito reservada. Fica muito em casa. A gente se falava muito via Guilherme Samora (jornalista e amigo de Rita Lee) ou Silvia Venna (advogada da cantora). São pessoas com quem tenho mais contato e que estão sempre com ela. Mas uma coisa que nunca quis foi incomodar a Rita. Falei: 'Tudo que eu não preciso é que Rita não goste de mim ou que ache que estou invadindo, incomodando'. Sempre deixei Rita muito na dela. Nunca fui incomodá-la", lembra.

Com bom trânsito na TV, no cinema e no teatro, Mel conta que sempre está fazendo alguma coisa. Principalmente nos palcos. "O trabalho em teatro ajuda a renovar, a experimentar coisas novas e diferentes, e isso vai te dando repertório. Acho fundamental", defende ela, que a partir do dia 25, reestreia o espetáculo 'Dogville', no Teatro Porto, em São Paulo. "E devo filmar a segunda temporada da série 'Coisa Mais Linda'", adianta.

Comentários

Últimas de Diversão