Se tem carne, também tem hambúrguer

Reconhecido pela qualidade das carnes, o Costelão, localizado no Cadeg, também tem hambúrgueres recheados de qualidade e muito saborosos

Por Fabio Perrotta Jr.

Os hambúrgueres gourmet se popularizaram no Rio e em todo o Brasil nos últimos anos. É difícil encontrar um bairro na cidade que não tenha, pelo menos, uma dezena de hamburguerias. 

O sucesso é tanto que os hambúrgueres conquistaram até os restaurantes mais renomados e requintados. É o caso do Costelão, localizado no Cadeg. Como não poderia deixar de ser, por lá o que manda é a qualidade.

"Estávamos recebendo diversos clientes que vinham até o Costelão e queriam comer um hambúrguer de qualidade. A procura acabou gerando a demanda e acrescentamos essa opção ao cardápio", conta Armed Nemr, dono do restaurante.

"Temos quatro opções de sanduíches. Três são hambúrgueres e o outro é o nosso queijo quente especial com costela. Não pretendo aumentar muito as opções. Preferimos focar em fazer poucas opções com bastante qualidade, que é o que acontece atualmente", complementa.

Eleito a melhor churrascaria da cidade, o Costelão é tradicionalmente conhecido pelas fartas porções e a alta qualidade das carnes usadas em seus pratos. Não é diferente no hambúrguer. 

As três opções usam um blend (como é chamada a mistura das carnes que compõem o prato) majoritariamente composto de Wagyu. Esse tipo de carne é um dos mais nobres e saborosos no mundo das carnívoro. E, consequentemente, também é um dos mais caros. 

A composição é feita pelo chefe de cozinha Yasser Regis, filho de Armed, e que foi, por duas vezes, eleito o dono do melhor hambúrguer do Rio de Janeiro. 

A grife e a qualidade, contudo, não se refletem no preço dos sanduíches. As opções custam entre R$ 30 e R$ 35, sempre acompanhadas de uma bela porção de batatas fritas do tipo canoa.

Especialidade em carnes

Além dos hambúrgueres, o Costelão também disponibiliza diversos outros cortes nobres de carne e bacalhau. Com foco na qualidade, o restaurante surpreende os clientes com porções enormes, que em alguns casos podem servir até o dobro de pessoas que indicam no cardápio. Há acesso para cadeirantes e Wi-Fi gratuito.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários