Paolla Oliveira relembra o sucesso da policial Jeiza em 'A Força do Querer'

Novela reprisa na faixa das 21h, na Globo

Por Juliana Pimenta

Globo/Raquel Cunha
    photoshop:ColorMode: 3
    photoshop:DateCreated: 2017-04-26
    photoshop:ICCProfile: sRGB IEC61966-2.1
    signature: 954b2be20c44f3037e786204d817444bb86eaac95522234fa25e4dc60cb3cca7
    stRef:documentID: 106A7B0840F5F2C61195D8A75FB57979
    stRef:originalDocumentID: 106A7B0840F5F2C61195D8A75FB57979
    tiff:Make: NIKON CORPORATION
    tiff:Model: NIKON D4
    tiff:Orientation: 1
    tiff:ResolutionUnit: 2
    tiff:XResolution: 19998391/100000
    tiff:YResolution: 19998391/100000
    unknown: 2
    xmp:CreateDate: 2017-04-26T19:41:33:2
    xmp:CreatorTool: FotoWare FotoStation
    xmp:MetadataDate: 2017-04-26T19:18:34-03:00
    xmp:ModifyDate: 2017-04-26T19:18:32-03:00
    xmpMM:DocumentID: xmp.did:57c94b31-d40b-0e4a-aa47-0ea521dd7d83
    xmpMM:InstanceID: xmp.iid:e4e1f6e7-e529-a74e-a35b-dc8e72e18876
    xmpMM:OriginalDocumentID: 106A7B0840F5F2C61195D8A75FB57979
  Profiles:
    Profile-8bim: 2654 bytes
    Profile-exif: 13328 bytes
    Profile-icc: 3144 bytes
    Profile-iptc: 2585 bytes
Globo/Raquel Cunha photoshop:ColorMode: 3 photoshop:DateCreated: 2017-04-26 photoshop:ICCProfile: sRGB IEC61966-2.1 signature: 954b2be20c44f3037e786204d817444bb86eaac95522234fa25e4dc60cb3cca7 stRef:documentID: 106A7B0840F5F2C61195D8A75FB57979 stRef:originalDocumentID: 106A7B0840F5F2C61195D8A75FB57979 tiff:Make: NIKON CORPORATION tiff:Model: NIKON D4 tiff:Orientation: 1 tiff:ResolutionUnit: 2 tiff:XResolution: 19998391/100000 tiff:YResolution: 19998391/100000 unknown: 2 xmp:CreateDate: 2017-04-26T19:41:33:2 xmp:CreatorTool: FotoWare FotoStation xmp:MetadataDate: 2017-04-26T19:18:34-03:00 xmp:ModifyDate: 2017-04-26T19:18:32-03:00 xmpMM:DocumentID: xmp.did:57c94b31-d40b-0e4a-aa47-0ea521dd7d83 xmpMM:InstanceID: xmp.iid:e4e1f6e7-e529-a74e-a35b-dc8e72e18876 xmpMM:OriginalDocumentID: 106A7B0840F5F2C61195D8A75FB57979 Profiles: Profile-8bim: 2654 bytes Profile-exif: 13328 bytes Profile-icc: 3144 bytes Profile-iptc: 2585 bytes -

Rio - Major Jeiza na área! Com a volta de 'A Força do Querer' para o horário nobre da Globo, é difícil não reparar na força da personagem de Paolla Oliveira. Policial do Batalhão de Ação com Cães, Jeiza sonha em ser lutadora de MMA e já mostra, desde o começo da trama, uma personalidade assertiva. Paolla Oliveira identifica que, naquela época, ainda em 2017, a personagem já demonstrava a força do movimento que luta por igualdade de gênero.

"Acho que a Jeiza passou a mensagem de empoderamento feminino, sim, além do exemplo de caráter, boa profissional, filha cuidadosa. Tenho muito orgulho de ter feito essa personagem, e de ainda ser lembrada pela major Jeiza com tanto carinho por todas as pessoas", destaca a atriz, que relembra o momento em que descobriu que a trama iria ser reprisada.

"Adorei. É uma novela com várias questões atuais, e que ainda provavelmente vão render alguns debates e reflexões. Fora que a Jeiza é uma personagem muito especial e importante para mim", conta.

Sequência de trabalho

Após o sucesso como a influenciadora digital Vivi Guedes em 'A Dona do Pedaço', no ano passado, Paolla tentar entender os motivos que consagram uma novela. No caso de 'A Força do Querer', a atriz destaca a união de bons fatores. "Isso é difícil de explicar, mas acredito que seja um conjunto. Uma boa trama, que desperta interesse e debate, com personagens instigantes e empáticos. E Gloria Perez é especialista nisso", elogia.

Espectadora exigente

Ainda em isolamento, a atriz garante rever a novela, mas com um olhar mais analítico em relação ao próprio trabalho. "Sou bem autocrítica. Mas vai ser um prazer assistir. Claro que vou acompanhar", confessa Paolla, que já tem até seus momentos preferidos da trama.

"São muitos, mas a ajuda para fazer o parto da Ritinha (Isis Valverde); a morte do amigo policial num assalto, as vitórias no ringue de MMA, os embates com a Bibi Perigosa (Juliana Paes)", conta.

A ascensão de Jeiza no MMA, inclusive, traz boas memórias para a atriz. Para viver a personagem, Paolla aprendeu a lutar e intensificou os exercícios físicos. Além da mudança pessoal, a intérprete de Jeiza comemora a mudança da percepção social com a divulgação do esporte, principalmente da modalidade praticada por mulheres, na TV aberta. "Essas atletas já merecem nosso respeito faz muito tempo. Mas, sem dúvida, estar em uma vitrine como uma novela das nove deve ter contribuído para que o esporte fosse mais conhecido. E eu aprendi a gostar e admirar mais ainda. Aliás, o cinturão feminino é de uma brasileira, a Amanda Nunes, que merece nosso respeito", defende.

 

Comentários