'Me fez sentir estuprada', diz Madonna após entrevista ao 'The New York Times'

Reportagem 'Madonna ao 60' foi publicada na última quarta-feira (5), e recorda a trajetória da cantora que completou 60 anos em agosto do ano passado

Por ESTADÃO CONTEÚDO

Madonna
Madonna -
Rio - A cantora Madonna publicou um desabafo em seu perfil no Instagram criticando uma jornalista que a entrevistou para uma reportagem do The New York Times.

"A jornalista que escreveu esse artigo passou dias, horas e meses comigo e foi convidada para um mundo que muitas pessoas não podem ver, mas escolheu focar em coisas triviais e superficiais como a etnia do meu stand ou o tecido das minhas cortinas e intermináveis comentários sobre a minha idade que nunca teriam sido mencionados se eu fosse um homem", escreveu em uma publicação no Instagram.

No texto, Madonna ainda reflete sobre feminismo e sororidade entre mulheres. Por fim, critica a jornalista e o veículo: "Sinto muito por gastar cinco minutos com ela. Isso me faz sentir estuprada. E sim, eu posso usar essa analogia depois de ter sido estuprada aos 19 anos. Mais uma prova de que o venerável N.Y.T. [The New York Times] é um dos pais fundadores do patriarcado".

A reportagem "Madonna ao 60" foi publicada pelo The New York Times na última quarta-feira (5), e recorda a trajetória da cantora que completou 60 anos em agosto do ano passado. 

Comentários