Gretchen fala sobre vida pessoal, alcoolismo do pai e relacionamentos abusivos: 'Brava'

Eterna rainha do rebolado falou das dificuldades que passou na infância, do alcoolismo do pai e da violência que sua mãe sofreu por conta disso

Por iG

Gretchen desabafa na web
Gretchen desabafa na web -
São Paulo - Rainha que é rainha aproveita o jet lag para bate um papo com seus seguidores. Sim, a Gretchen fez uma live em seu canal no YouTube enquanto não conseguia dormir por conta da mudança de fuso horário.

A pedido de seus fãs, no vídeo, Gretchen contou um pouco mais sobre as dificuldades que passou em sua vida, superação de traumas e amadurecimento. “Comecei superando o alcoolismo do meu pai, extremamente agressivo. Ele batia muito na minha mãe, eu era a filha mais velha e não concordava de jeito nenhum com isso”, disse.

“Eu fazia de tudo para que ele não agredisse minha mãe. Me colocava na frente dela, defendia ela o tempo todo. Já era brava desde novinha, como vocês podem perceber”, afirmou.

A celebridade ainda contou que a fama chegou aos 18 anos e que, naquela época, teve que passar por situações complicadas e falou de assédio sexual. “Tive um divulgador que me ensinou que se eu fizesse com um, teria que fazer com todos. E, um dia, isso acabaria e meu sucesso também. Fora isso, meus princípios também nunca permitiriam esse tipo de atitude”, contou.


Já na vida pessoal, a rainha dos memes contou que precisou superar relações abusivas e várias traições de seus ex-maridos. “Eu foquei em ter condições financeiras para que meus filhos nunca precisassem nada, nenhum problema, e que tivessem o mínimo e o mais importante de mim, que é o estudo. Eu sabia que se eles tivessem estudo, sempre teriam como se defender na vida”. 
No final da live , a cantora ainda deixou uma mensagem motivacional para seus fãs . “Qualquer coisa que vocês passem de difícil na vida, tenham algum foco para que vocês sigam em frente e nunca olhem para trás. Se eu não fosse artista ou minha carreira não tivesse dado certo, não me incomodaria de lavar banheiro de ninguém, de trabalhar na casa dos outros”, encerrou Gretchen.


Comentários