A vacina da Pfizer teve seu registro definitivo aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) no mês passado
A vacina da Pfizer teve seu registro definitivo aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) no mês passadoAFP
Por iG
Uruguai - A queda de um helicóptero da Força Aérea do Uruguai, nesta quinta-feira (25), causou a perda de todas as unidades das vacinas contra a covid-19 da farmacêutica Pfizer que seriam transportadas pela aeronave. O carregamento transportava parte de um lote de 50 mil doses do imunizante.
Segundo autoridades, uma falha técnica foi detectada e o helicóptero conseguiu realizar um pouso de emergência. Porém, um incêndio na sequência destruiu o estoque das vacinas. Três tripulantes se encontravam no interior na aeronave Bell 212 e todos conseguiram se salvar sem correr risco de vida, apenas com ferimentos leves.
Publicidade
O Uruguai conta atualmente com 100 mil das 450 doses que serão entregues até o fim de abril pela Pfizer. A imunização começou em 27 de fevereiro e já ultrapassou o Brasil na vacinação proporcional da população. A cada 100 pessoas no Uruguai, 9,91 já foram vacinados. No Brasil, são 6,64 imunizados.
Você pode gostar