Projeto é lançado para conscientizar população sobre os riscos do Diabetes tipo 2

Intuito é alertar sobre a importância do diagnóstico precoce, através da consulta e exames médicos

Por O Dia

Teste que mede a quantidade de glicose no sangue permite diagnosticar a doença
Teste que mede a quantidade de glicose no sangue permite diagnosticar a doença -

Rio - Lançado no último dia 9, com o objetivo de chamar a atenção da sociedade para o Diabetes tipo 2, seus tratamentos e complicações, o projeto "Bom Dia – um dia de cada vez, e cada dia melhor!" é uma iniciativa da Servier do Brasil com apoio da entidade não-governamental Associação de Diabetes Juvenil (ADJ Diabetes Brasil). 

Segundo os idealizadores da iniciativa, o intuito é conscientizar a população sobre a importância do diagnóstico precoce, através da consulta e exames e valorizar, cada vez mais, a adesão ao tratamento indicado pelo médico.

“Queremos motivar as pessoas a começarem cada dia com otimismo, seguindo o princípio de ‘um dia de cada vez’, comprometendo-se justamente com o dia que estamos sempre vivendo: o dia de hoje. Sem impor a si mesmo decisões para a vida toda, à base do ‘nunca mais vou…’, que resultam em grandes frustrações”, ressaltou o gerente de Marketing da Servier, Rafael Borges.

Foram postados vídeos nas redes sociais da associação (Facebook, Instagram e no canal do Youtube), com depoimentos do ator Danton Mello, que é o embaixador da campanha, além de outros convidados, da ADJ Diabetes Brasil, que falam sobre as causas da doença, tratamentos e formas de prevenção.

As pessoas com o Diabetes tipo 2 precisam observar alguns sintomas como, fome e sede com frequência, alteração visual, infecção na pele, principalmente quando as feridas demoram para cicatrizar, infecção de rins e vontade constante de urinar, emagrecimento sem controle e razão e formigamento.

Qualquer indivíduo pode ter o Diabetes tipo 2, inclusive crianças, mas existe um grupo com maior risco que inclui pessoas com idade acima de 40 anos e que apresentam obesidade, sedentarismo, hereditariedade, consumo elevado de álcool, hipertensão, colesterol e triglicerídeo alterado e histórico de diabetes gestacional.

O conhecimento e a adesão do paciente são fundamentais para obter sucesso no tratamento do diabetes. É necessário seguir as orientações médicas e adaptar o estilo de vida a essas recomendações. Contudo, é um desafio mundial e diversos são os motivos que colaboram para essa realidade.

Sobre o Dia Mundial do Diabetes

O Dia Mundial do Diabetes foi criado em 1991 pela International Diabetes Federation (IDF) em parceria com a Organização Mundial da Saúde (OMS), em resposta ao aumento do interesse em torno do diabetes no mundo. Celebrado em 14 de novembro, é visto como a maior iniciativa mundial em torno do diabetes. A data foi escolhida devido ao nascimento do cientista canadense Frederick Bantin que, em parceria com Charles Best, foi responsável pela descoberta da insulina, em outubro de 1921. Dois anos mais tarde, Banting recebia o Prêmio Nobel de Medicina por esta descoberta e pela aplicação da insulina no tratamento das pessoas com diabetes.

O símbolo do Dia Mundial do Diabetes é um círculo azul que simboliza a união. A IDF buscou um formato simples para facilitar a reprodução e o uso para as pessoas que quisessem dar apoio à campanha. Esta data também é marcada com a iluminação em todo o mundo de monumentos e construções de destaque na mesma cor. O azul representa o céu e é a mesma cor da bandeira das Nações Unidas, que simboliza também a união entre os países. Neste dia, é estimulado o uso de roupas na cor azul, cor símbolo da campanha.

Sobre a ADJ Diabetes Brasil

Fundada em 10 de março de 1980, a ADJ Diabetes Brasil é uma entidade não governamental, sem fins lucrativos, legalmente registrada no Registro Civil de Pessoas Jurídicas. Seu objetivo é promover educação nesse campo para pessoas com diabetes, familiares, profissionais de saúde e comunidade.

Atende gratuitamente as pessoas com todos os tipos de diabetes, de qualquer faixa etária e classe socioeconômica. Oferece um trabalho integrado realizado por uma equipe multidisciplinar.

Sobre a Servier do Brasil

A Servier hoje é a maior companhia farmacêutica independente da França e a segunda empresa farmacêutica francesa no mundo, com 21.400 funcionários em 146 países. Por ser uma fundação privada sem fins lucrativos, possui um modelo de negócio dedicado a pesquisa e desenvolvimento de medicamentos, com 100% do lucro reinvestido a cada ano. Está entre os 30 principais grupos farmacêuticos do mundo e no Brasil, a Servier está presente há mais de 40 anos, com sua sede localizada em Jacarepaguá, na cidade do Rio de Janeiro.

Galeria de Fotos

Teste que mede a quantidade de glicose no sangue permite diagnosticar a doença Arquivo/Agência Brasil
O ator Danton Mello participa da campanha Divulgação