Conta Social: INSS quer poupar água e energia

Para os responsáveis, são atitudes simples, mas que trazem resultados futuros

Por bianca.lobianco

Rio - O INSS desenvolve, nas gerências-executivas do Rio, Niterói, Caxias e Campos, campanhas de conscientização ambiental. As dicas incluem não deixar as torneiras abertas sem necessidade, desligar as luzes ao sair da sala, desligar os computadores quando não estiverem sendo usados e manter portas e janelas fechadas quando o ar condicionado estiver ligado.

Para os responsáveis, são atitudes simples, mas que trazem resultados no futuro, tanto ambientais quanto econômicos. “Este é um momento de reflexão e todos somos responsáveis. “Cabe a cada um fazer a sua parte, pois ser solidário faz toda a diferença”, explica a publicitária Denise Reis, responsável pela campanha no Centro. Lá, foi recomendada a economia de energia, água e papel.

Em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, houve uma redução no número de lâmpadas, sem comprometer a iluminação, e o horário de funcionamento das unidades passou a ser das 6h30 às 18h30.
Já em Campos dos Goytacazes, no Norte do estado, foi instituído um revezamento dos elevadores, além da distribuições de cartazes da campanha e da diminuição do horário de funcionamento.

Os funcionários da limpeza foram instruídos a economizar água e recolher os papéis para reciclagem.

Economia de luz no Galeão

O Aeroporto do Galeão vai implementar, em seu novo píer de embarque, o Sistema de Controle e Dimerização de Iluminação. A tecnologia tem a capacidade de aumentar ou diminuir a intensidade da iluminação artificial de acordo com a luz natural do ambiente. Assim, dois objetivos serão alcançados: a uniformidade da iluminação e, mais importante, a economia de até 50% da energia elétrica nos dias mais claros.

O novo Píer do Aeroporto Internacional Tom Jobim contará com mais de 8 mil luminárias de LED em todo o empreendimento, que possui 100 mil m². A previsão é de que as obras sejam concluídas em abril de 2016.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia