Casa de David Luiz vira ponto turístico

Zagueiro vê residência se tornar área de peregrinação

Por O Dia

Juiz de Fora - Nem precisava, mas o grafite no muro azul denuncia: aquela casa pertence à família de David Luiz. A figura do simpático zagueiro, pintada de frente e de costas, virou ponto turístico em Juiz de Fora. Não há quem não pare para uma fotografia. Vizinhos do bairro de Santa Maria, ou até de bairros distantes ou cidades próximas, fazem romarias diárias à casa de Regina Célia, 53 anos, e Ladislau Marinho, 56, pais do craque da seleção brasileira.

Em média, a campainha toca pelo menos 30 vezes por dia. A criançada quer bolas, camisas, bandeiras, chuteiras. Quase nunca sai de mão abanando. Adultos pedem cestas básicas. A fama da Ação Social David Luiz, uma organização informal comandada pela mãe do jogador, espalhou-se pela cidade.

Casa de David Luiz vira ponto turístico em Juiz de ForaErnesto Carriço / Agência O Dia

Foi dentro de casa que David Luiz aprendeu a fazer caridade. Quando ainda era professora do Ensino Fundamental, Regina Célia e seu marido separavam parte do 13º salário para ajudar seus alunos. Quando se tornou jogador, ainda no baiano Vitória, o filho prometeu fazer o mesmo quando pudesse. A partir de 2008, já firme no Benfica, em Portugal, David Luiz cumpriu a promessa e hoje destina, no mínimo, R$ 30 mil mensais ao seu projeto, que distribui cestas básicas, brinquedos, material escolar e de construção, e ajuda a realizar sonhos.

“Ele sempre foi solidário e participa ativamente do projeto”, conta Regina.

DIA DE PRINCESA

Para milhares de fãs, David Luiz é um príncipe. A pequena Dayane da Silva, de apenas 10 anos, concorda. Ela escreveu uma pequena carta, em um concurso promovido por Regina, falando o que gostaria de ganhar. Valia tudo: brinquedos, roupas... Mas apenas contou sua história de vida, que emocionou o zagueiro.

Além de promover o encontro da menina com o ídolo, Regina fez ainda mais. Ofereceu à garotinha um dia de princesa. Ela ganhou roupas, cuidados no salão de beleza e um quarto novinho em folha, além de um ‘kit David Luiz’ para torcer pelo Brasil na Copa do Mundo: camisa com foto do craque, peruca e corneta.

Casa do jogador contém diversos objetos da carreiraErnesto Carriço / Agência O Dia

Durante quase um ano, Dayane esperou pela noite mágica, que só aconteceu na última quinta-feira, quando o ídolo pegou um jatinho para ir a Juiz de Fora participar de um jantar com a pequena fã. E Dayane mal conseguiu acreditar quando recebeu um buquê de rosas da mão do craque. “Foi a realização de um sonho”, disse, emocionada. Regina e David Luiz também ficaram felizes. “Fazer o bem nos dá muito prazer. O Vi (forma carinhosa como é chamado por Regina) ficou muito emocionado com a alegria da menina”, contou a mãe, orgulhosa.

MUSEU DAVID LUIZ

Brinquedos da infância, a primeira chuteira, bolas de vários tamanhos, inúmeras camisas de clubes, flâmulas, souvenirs de estádios, medalhas, credenciais, premiações e presentes de fãs do mundo inteiro enchem as prateleiras e estantes do pequeno museu montado num quarto em homenagem a David Luiz. Uma réplica da taça da Champions League, presente do Chelsea, também dá mais valor histórico ao lugar. Mas a camisa da Seleção com dedicatória para a mãe — ‘Te amo, mãe! Minha fortaleza! David Luiz. Deus é fiel’ — é o maior troféu de Regina.

Bandeirinhas com o rosto do craque enfeitam o jardim da casa e o entorno da piscina. Regina gastou R$ 1,5 mil para pintar o muro da casa e pretende alugar um telão para os vizinhos acompanharem os jogos do Brasil na Copa, com direito a comes e bebes. Tudo por sua conta. “Devo ir à maioria dos jogos do Brasil. Mas quem não puder ir, vai ficar aqui na torcida”, diz a matriarca, que mandou fazer 500 camisas ao custo de R$ 30 cada.

Últimas de _legado_Copa do Mundo