Por fernanda.magalhaes

Paraná - Uma reclamação feita no último domingo sobre um restaurante de Curitiba no Facebook tem causado verdadeira mobilização nas redes sociais e fora dela. A cliente depois de ir ao "Phoenix American Mex" e se decepcionar com o local, resolveu fazer um desabafo em sua página pessoal. Até aí nada demais se o dono do estabelecimento não tivesse aparecido para comentar as reclamações dela e tivesse dado uma aula do que não fazer em um caso desses.

Nesta sexta-feira, após a confusão, o estabelecimento voltou a se pronunciar e divulgou em sua fan page no Facebook uma nota de esclarecimento pedindo desculpas as clientes. Um protesto também foi marcado, via Facebook, por consumidores insatisfeitos para este sábado, às 20h, no restaurante e já estão confirmadas a presença de mais de 6 mil pessoas. 

A discussão começou com direito a troca de agressões, palavras como "mana" usada pelo dono do restaurante para chamar a cliente que é negra e outros usuários criticando a postura nada profissional do dono do restaurante que deveria ser, segundo outro usuário que entrou na discussão, a de convidar a cliente para voltar ao estabelecimente e desfazer a má impressão.

"Meu recado vai ao suposto dono do bar que se manifestou aqui em cima: nunca esqueça que 1 cliente falando bem influencia apenas mais 2 ou 3 clientes, mas 1 falando mal, influencia pelo menos 10! Não conheço seu bar, confesso que (...) tive vontade de ir, porém, sinceramente, não pelo depoimento da Juliana, (...), mas pela forma como você a tratou aqui neste post, publicamente, me fez perder completamente a vontade de ir ao seu bar porque você demonstrou total falta de respeito pela cliente que saiu insatisfeita. (...) Tenho certeza que com essa atitude (...) "não preciso de você, sua pobre, pq eu tenho muitos outros clientes aqui no meu bar e você não vai fazer falta", além de mim, você perdeu mais centenas de outros clientes", escreveu. 

Nessa quinta-feira, depois da péssima repercussão da postura do dono do "Phoenix American Mex", o restuarante divulgou um comunicado em sua fan page no Facebook afirmando que os comentários feitos a cliente não tinham partido do dono mas de um "funcionário que acessou indevidamente a conta pessoal" do restaurante.


Você pode gostar