Deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ)
 - Maryanna Oliveira/Câmara dos Deputados
Deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ) Maryanna Oliveira/Câmara dos Deputados
Por O Dia
Rio - A Executiva Nacional do Partido Social Liberal (PSL) emitiu uma nota na manhã desta quarta-feira, após a prisão do deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ), na noite desta terça-feira, por ofender membros do Supremo Tribunal Federal (STF) e incitar um "novo AI-5" contra eles. Na nota, o partido "repudia com veemência" a fala do parlamentar. 
"O Supremo é o guardião da Constituição Federal e, como tal, um dos pilares do Estado Democrático de Direito. O PSL jamais abrirá mão de defender este alicerce institucional que integra, ao lado do Legislativo e do Executivo, a tríade de Poderes que assegura a existência da República", disse. A nota é assinada pelo deputado Luciano Bivar, presidente nacional da sigla. 
Publicidade
"Os ataques, especialmente da maneira como foram feitos, são inaceitáveis. Esta atitude não pode e jamais será confundida com liberdade de expressão, uma conquista tão duramente obtida pelos brasileiros e que deve estar no cerne de todo o debate nacional", pontuou.
Na mesma nota, Bivar informa ainda que o partido já está tomando "todas as medidas jurídicas cabíveis para a afastamento em definitivo do deputado dos quadros partidários". Na manhã desta quarta, o vice-presidente nacional do partido, deputado Júnior Bozzella (PSL-SP), já havia pedido explicitamente a expulsão de Silveira
Publicidade
Confira a nota completa: 
"Nota de repúdio aos ataques de Daniel Silveira ao STF
Publicidade
A Executiva Nacional do PSL repudia com veemência os ataques proferidos pelo deputado Daniel Silveira (PSL-RJ) a ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), ofendendo, de maneira vil, a honra dos mesmos, bem como proferindo críticas contundentes à instituição como um todo.
Os ataques, especialmente da maneira como foram feitos, são inaceitáveis. Esta atitude não pode e jamais será confundida com liberdade de expressão, uma conquista tão duramente obtida pelos brasileiros e que deve estar no cerne de todo o debate nacional.
Publicidade
O Supremo é o guardião da Constituição Federal e, como tal, um dos pilares do Estado Democrático de Direito. O PSL jamais abrirá mão de defender este alicerce institucional que integra, ao lado do Legislativo e do Executivo, a tríade de Poderes que assegura a existência da República.
A Executiva Nacional do partido está tomando todas as medidas jurídicas cabíveis para a afastamento em definitivo do deputado dos quadros partidários.
Publicidade
Deputado Luciano Bivar, presidente nacional do PSL"