Produção de veículos fica quase estável em janeiro, diz Anfavea

Com um quadro de vendas fracas e excesso de capacidade, o setor voltou a reduzir postos de trabalho em janeiro, em um total de 12,8 mil

Por parroyo

A produção de veículos no Brasil em janeiro subiu 0,4% sobre dezembro, mas caiu 13,7% na comparação com o mesmo mês de 2014, para 204,8 mil unidades, informou a associação de montadoras, Anfavea, nesta quinta-feira.

Segundo a entidade, o volume de carros, comerciais leves, caminhões e ônibus novos vendidos em janeiro somou 253,8 mil veículos, quedas de 31,4%  sobre dezembro e de 18,8% sobre o primeiro mês de 2014.

A baixa na produção ocorreu em um mês marcado por greve de dez dias na principal fábrica da Volkswagen no país, realizada em protesto pela demissão de 800 funcionários da unidade instalada em São Bernardo do Campo.

Já o resultado das vendas de janeiro ocorreu após um mês de dezembro marcado por forte antecipação de compras antes da alta do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) a partir deste ano.

A associação de concessionárias de veículos, Fenabrave, já tinha alertado no começo da semana para o fraco resultado de vendas do mês, que foi o mais baixo para o período desde 2011.

Com um quadro de vendas fracas e excesso de capacidade, o setor voltou a reduzir postos de trabalho em janeiro, em um total de 12,8 mil.

Ajudando a deprimir a produção, a indústria sofreu queda de 27,9% nas exportações de veículos de janeiro em relação ao mesmo período do ano passado, para 16,3 mil unidades.

Em valores, as vendas externas do mês passado foram de US$484,18 milhões de dólares, 29,3 por cento menores que o resultado obtido um ano antes.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia