TRF-4 já recusou 29 pedidos de habeas corpus para Lula

Entre eles, 20 foram impetrados em plantões de sete desembargadores

Por LEANDRO MAZZINI

Vinte deles foram impetrados em plantões de sete desembargadores
Vinte deles foram impetrados em plantões de sete desembargadores -

Brasília - O Tribunal Regional Federal da 4ª Região já recusou 29 pedidos de habeas corpus desde o dia 7 de abril quando o ex-presidente Lula da Silva foi preso – 20 deles impetrados em plantões de sete desembargadores, mostra levantamento do TRF a pedido da Coluna.

Apenas Rogério Favreto, ex-petista de carteirinha, acolheu o pedido, atropelando Resolução do Conselho Nacional de Justiça, conotando pressa em libertar a qualquer preço o detento condenado. Do total de HCs, 11 pedidos foram protocolados em expediente normal.

Fala, parça

A Coluna revelou que este plantão de Favreto – ainda vigente até dia 18 – é o único dele neste ano. Era a chance única do partido de recorrer a um simpatizante.

Dois na fila

Apenas dois pedidos continuam em análise – trâmite chamado 'Movimento' no TRF – impetrados em 9 de abril e 6 de julho. Nenhum deles nas mãos de Favreto.

Êpa, êpa

Há de se verificar se há decisão do senhor Favreto no tribunal em eventual processo envolvendo o time do coração. Seu WhatsApp mostra mensagem: “Vamo, vamo Inter!”

Missão cumprida

Um relatório do Tribunal de Contas da União constatou que a passagem do ministro Leonardo Picciani (MDB) no Ministério do Esporte cumpriu à risca requisitos e aperfeiçoou a pasta. Em maio de 2016, quando ele assumiu, havia 176 ‘sugestões’ e ‘recomendações’ sobre o ministério. Um ano depois o ofício crava apenas cinco ‘sugestões’. Enterrou 97% dos problemas encontrados pelos fiscais na gestão anterior. Picciani deixou a pasta em abril.

Euuu? Não!

Tucanos próximos do pré-candidato garantem que o presidenciável Geraldo Alckmin (PSDB) ouviu um 'não' do senador Álvaro Dias (Podemos), também pré-candidato, para vice em sua chapa. Dias garante que não houve convite. E segue a novela.

Fogo na lavoura

Deputados de Minas sofrem com fake news nas redes sociais que indicam terem votado a favor de mais agrotóxicos nas plantações, o debate do momento no Congresso. Estão desesperados atrás de especialistas para derrubar links e ‘dar sumiço’ em notícias no Google.

União faz a força

Movimentos sociais compostos por índios de variadas etnias, sem-terra e sem-teto vão lançar uma candidatura de representante para disputar a Câmara Distrital do DF pelo Psol. É o que chamam de ‘mandato coletivo’. O pré-candidato será anunciado dia 17.

Oi, de novo

Antes afastados por compromissos, o senador Aécio Neves e o presidente Michel Temer se veem mais. Reuniram-se a sós nesta quarta-feira no Palácio. É o segundo encontro em um mês.

É do jogo

A despeito de a Inglaterra ter caído na semifinal da Copa, os britânicos são inveterados apostadores – principalmente em futebol. A soma de apostas da terra da rainha desde o início até o fim do mundial da FIFA deve chegar a US$ 3,3 bilhões (perto de R$ 12 bilhões!). Os dados são do London Times reproduzidos pelo Boletim de Notícias Lotéricas (BNL).

Risco no caixa

A chiadeira está grande no Palácio do Planalto. O maior prejudicado com o texto da MP 841, que cria o Fundo se Segurança Pública, é o Comitê Brasileiro de Clubes, representante das centenas de entidades formadoras de atletas. O CBC perde todos (isso, 100%) os repasses (milionários) a que tem direito por ano.

Celeiro

Também perdem repasses as Secretarias Estaduais de Esporte. Só a do Rio de Janeiro, um celeiro de talentos, pode ficar sem receber R$ 13 milhões por ano da União.

No mais

Enquanto meninos e técnico são salvos na caverna na Tailândia, o Brasil continua afundado na lama. Sem socorristas.