Haddad se prepara para ser o candidato do PT à Presidência

Ele tem se reunido praticamente toda semana em Curitiba com o ex-presidente Lula e tem ouvido orientações sobre os procedimentos

Por Leandro Mazzini

Ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad
Ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad -

Brasília - O ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad se prepara para ser o candidato do PT a presidente da República. Ele tem se reunido praticamente toda semana em Curitiba com o ex-presidente Lula e tem ouvido orientações sobre os procedimentos. Também discutem o plano de governo a ser apresentado nos debates.

Da cadeia, Lula fará vídeos de apoio ao escolhido - a Coluna revelou que sua defesa vai pedir à Justiça esse direito. Haddad já foi escolhido coordenador do programa de governo, e montou time de advogados que vai blindá-lo na campanha presidencial.

Porta aberta

Haddad é o único petista que tem livre acesso - e prioritário - a Lula nos pedidos de visitas autorizados pela Justiça. Ele também recorre à carteirinha de advogado da OAB.

Tá devendo

José Dirceu repete para amigos que tem certeza de que agentes da Polícia Federal o vigiam 24 horas. O ex-mensaleiro perdoado tem 'dívidas' ainda com a Lava Jato.

Pulou da tela

O ex-apresentador de TV Jorge Kajuru lança hoje sua candidatura ao Senado na chapa de Ronaldo Caiado para o governo de Goiás. Hoje, pelas pesquisas, ambos estão eleitos.

Cerco às bancas

Vem mais operação aí. O INSS e a Polícia Federal tocam força-tarefa para cercar não só beneficiários fraudadores, mas para agora pegar os graúdos - quem orquestra as fraudes milionárias. Advogados de várias capitais estão na mira. A operação Hefesto, em São Luís (MA) e Fortaleza (CE), foi apenas um ensaio.

Vai dar chiadeira

A PF, nessa prévia da Hefesto, descobriu fraudes de R$ 28 milhões em benefícios e prendeu 17 pessoas. A próxima fase é pegar as bancas que formam cadastros de falecidos e falsas doenças. E não é pouca gente.

Queimou a língua

Lembram da frase famosa de Ciro Gomes em 2010 sobre o PMDB ser "um ajuntamento de assaltantes". Pois lhe rende dor de cabeça agora. Ele pediu ao presidente do PDT, Carlos Lupi, para conversar com o senador Renan Calheiros, cacique do MDB em Alagoas, para tentar aliança local atrás de votos presidenciais no estado.

Saladão

E segue a salada eleitoral de Ciro, via PDT. Ele lança dia 21 em Santa Catarina seu apoio ao candidato do PSD ao Governo, Gelson Merisio, em chapa com PP e PSB.

Salvador...

A Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal vai promover em Salvador dias 23 e 24 de agosto um dos maiores eventos do país de combate à corrupção. Nomes como o juiz federal Sérgio Moro, o ministro Luiz Roberto Barroso - um dos maiores defensores da operação no STF - estarão presentes, capitaneados pelo presidente da ADPF, delegado Edivandir Paiva. A associação reúne mais de 2 mil delegados.

...capital da Justiça

Alguns dos principais nomes da PF e das altas Cortes do Judiciário vão desembarcar em Salvador para o 3° Simpósio Nacional de Combate à Corrupção. O evento é promovido pela diretoria regional da ADPF na Bahia, com o tema '30 anos da Constituição democrática: avanços e perspectivas no enfrentamento à corrupção'.

Viva Cármen

A batalha contra o assalto oficial da ANS e as operadoras de planos de saúde continua. "Saúde não é mercadoria. Vida não é mercadoria", proferiu a presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, ao derrubar ontem resolução da Agência que concedeu novo aumento abusivo nas mensalidades.

Alô, 190!?

A ANS é aquela agência reguladora que cuida da saúde das operadoras, em vez de fiscalizá-las; é leniente, omissa, e alguns de seus diretores vêm das, ou vão trabalhar nas, empresas do setor no mercado.

Cabral na urna

Deputado federal que vai disputar a reeleição, Marco Antonio Cabral (MDB-RJ) rebate boato que circula no WhatsApp e garante que vai manter o sobrenome na urna a despeito dos problemas do pai. Ressalta que tem o que mostrar no seu mandato. "Não sou covarde".

Clássicas na escola

A Fundação Cesgranrio lançou no Teatro Municipal o projeto 'Música clássica nas escolas públicas', com concerto didático coordenado pelo maestro Eder Palozzi (regente da orquestra da entidade) para 2 mil alunos. Também serão distribuídos em 1.400 colégios da rede estadual livros e CDs sobre a história dos compositores mais importantes do mundo, desde o século XVIII.

Quebra-molas

Pré-candidato ao governo pelo Novo - partido que recusa doação de empresas -, o professor Marcelo Trindade citou a paralisação das obras na BR-040 (Rio-Juiz de Fora) como um exemplo, segundo ele, de má gestão e relação corruptiva entre gestores públicos e empreiteiras. Foi durante uma reunião nesta segunda-feira com a militância em Petrópolis.

Comentários