Rosyl e Buchecha - Divulgação
Rosyl e BuchechaDivulgação
Por O Dia
Um dos principais percursores do movimento funk no Rio, Buchecha surpreendeu o público ao revelar o seu interesse por um outro ritmo tipicamente carioca, o samba. O funkeiro participou nesta terça-feira (30), da gravação do primeiro DVD do cantor e compositor Rosyl que, segundo ele, é sua principal inspiração no novo ritmo.
“Ele é uma cara que eu realmente sou fã, e um cara que agrega muito ao meu trabalho também. É um cara muito bem quisto por todos nós cantores, não só do samba. Mas a gente conhece todo o repertório dele enquanto fazia parte do grupo e tinha duas ou três músicas, ao mesmo tempo, já em primeiro lugar, ou pelo menos nas paradas de sucessos”, explicou ele.
Publicidade
Rosyl fez muito sucesso como vocalista do grupo 'Tentasamba' e assinou clássicos do gênero como 'Já Era', 'Eu Vacilei', 'Alô Sou Eu', 'Madrugada', 'Nada a Ver', 'Mano', 'S.O.S', entre outros. O artista, que liderava o rancking das músicas mais tocadas em todas as rádios no Brasil nos anos 2000, também chegou a ser considerado um dos maiores compositores do Brasil. Além de ter sido um dos cantores que mais vendeu toques de celular em 2010.
“Eu acho que essa mistura hoje aqui, vem meio que validar esse ecletismo dele natural, porque ele realmente é um cacique que lida com todas as tribos de fato. E lida muito bem. E apesar de nunca ter gravado uma composição dele, não vejo empecilhos para isso. Eu inclusive comecei no samba. Eu sou meio metidinho a cantar samba. Eu gosto! Apesar de ser um funkeiro nato, eu gosto muito de samba”, brincou Buchecha ao falar sobre a trajetória do amigo no campo das composições.
Publicidade
O projeto marcou oficialmente a volta de Rosyl à música secular, após seis anos na música gospel. O trabalho também contou com as participações da funkeira Perlla, a dupla Chininha e Príncipe e do cantor Renatinho Bokaloca, vocalista do grupo de pagode “Bokaloca”.