Emilly Araújo e Marcos Harter em briga no BBB17 - Reprodução internet
Emilly Araújo e Marcos Harter em briga no BBB17Reprodução internet
Por O Dia
Marcos Harter conversou com a coluna na tarde desta quinta-feira (27) sobre o vídeo vazado em que Emilly é atendida por uma advogada e um médico no confessionário do 'BBB 17'. O ex-BBB, que foi expulso do reality logo depois, estava sendo acusado de agressão à namorada no confinamento. "Eu saí do programa com meus braços cheios de marcas das unhas de Emilly e isso nunca foi levado em consideração, além das outras agressões que ela fez contra mim, e isso nunca foi abordado pela Globo. Outra questão é: Se de fato Emilly foi agredida, por que as mais de 200 câmeras do programa não conseguiram registrar tais cenas e estas nunca vieram ao público? Garanto que nunca virão; pois não existem", questionou Harter que ainda enviou vários vídeos para comprovar não ter agredido a ex-sister.

Galeria de Fotos

Marcos Harter Reprodução
Marcos Harter Reprodução
Marcos Harter e Emilly Reprodução
Marcos Harter e Emilly Reprodução
Marcos Harter e Emilly Reprodução
Marcos Harter e Emilly Reprodução
Marcos Harter e Emilly Reprodução
Emilly Araújo e Marcos Harter em briga no 'BBB17' Reprodução internet
Publicidade
Um dos vídeos é da festa na 'Piscina Retrô', que Emilly mostrou uma marca no antebraço esquerdo feito por um beliscão."Essa é a festa na qual Emilly ficou com uma equimose [roxo] na face posterior do braço. Ela me unhou também. Mas era apenas uma brincadeira. E nesse novo vídeo que vazou, ela mostra como se tivesse sido agressão", explica.
Publicidade
O vídeo foi gravado no dia 10 de março de 2017, logo após a visita da delegada da Divisão de Polícia de Atendimento à Mulher de Jacarepaguá nos Estúdios Globo para averiguar o caso após várias denúncias. A advogada da Globo, que se apresentou como Raquel, e o médico explicaram para Emilly sobre a visita policial e avisou que ela poderia pedir uma medida protetiva urgente contra Harter. A participante recusou.
A coluna procurou a assessoria da Emilly que não se pronunciou até o fechamento da matéria.