Pietro Mário - Reprodução
Pietro MárioReprodução
Por O Dia
O ator e dublador Pietro Mário, morreu aos 81 anos nesta segunda-feira (31). Há cinco meses, ele havia sido internado com Covid-19, foi liberado, porém voltou a ser internado no dia 29 de junho devido a um Acidente Vascular Cerebral (AVC). Pietro teve alta e foi para uma casa de repouso, mas, neste final de semana, passou mal e não resistiu.

Pietro Mário Francesco Bogianchini nasceu na Itália em 1939, mas veio cedo para o Brasil, onde começou a trabalhar no universo do audiovisual. Ele ganhou destaque nos anos 1960 ao apresentar o programa infantil 'Capitão Furacão'. Como dublador, ele ficou conhecido por ter feito a voz de Capitão Caverna, Rafiki, de 'O Rei Leão', o Governador, em 'Pocahontas', mestre Yoda, de 'Star Wars' e Tony Soprano, da série 'Os Sopranos'. O artista também trabalhou em algumas novelas, como 'Páginas da Vida', 'A Favorita', 'Êta Mundo Bom' e a sua última participação na televisão foi em 'Deus Salve o Rei', onde deu vida ao Patriarca da Fé, em 2018. 
O dublador Guilherme Briggs usou seu Twitter para lamentar o fato: "Faleceu o Pietro Mário. Uma pessoa maravilhosa e de lindo coração. Eu amava brincar de falar em italiano fake com ele sempre que nos encontrávamos, só pra ver ele dar risada. Descanse em paz, Pietro querido".
Publicidade