Bianca - Divulgação
BiancaDivulgação
Por O Dia
Voz feminina por traz do sucesso 'Tudo no Sigilo', a cantora Bianca está feliz da vida com sua nova silhueta. Satisfeita com a repercussão de sua música, que já ultrapassou a marca dos 70 milhões de visualizações no youtube e conquistou diversos famosos, a funkeira usou suas redes sociais para dividir com seus fãs alguns procedimentos estéticos que se submeteu na manhã desta terça-feira, 08. A artista passou por uma lipoescultura, cirurgia para reduzir a região do abdômen e cintura e aplicação de silicone.

“O meu momento chegou. Se estou realizando um sonho? Siim! Sempre levantei a bandeira de que que a gente tem que se amar e se respeitar como somos. E continuo achando isso, mas acho também que isso não significa deixar de se cuidar. Se temos condições de melhorar, por que não? Muito além da estética, é também uma questão de saúde”, explicou.
Bianca ressaltou ainda um outro assunto importantíssimo: a pressão que as artistas sofrem pela boa forma. O tema vem sendo constantemente discutido nas redes sociais da artista, que vem representando e dando voz a diversas mulheres.

“A cobrança pelo corpo perfeito ainda é grande. E nós, artistas, acabamos ficando mais em evidência. Mas acho que essa mentalidade já está começando a mudar e os movimentos que surgem, principalmente na internet, têm deixado cada vez mais evidente que nós mulheres somos todas iguais e merecemos as mesmas oportunidades, e principalmente respeito. Costumo dizer que uma mulher precisa ser duas coisas: quem ela é, e o que ela quiser. Não é um corpo que define a beleza de uma pessoa”, pontua a cantora.

“Com o tempo, passei a me aceitar mais do jeito que eu sou. E hoje, quando me olho no espelho, vejo uma mulher muito feliz e de certa forma realizada, que se ama e respeita sua essência. Que ama suas raízes e respeita a natureza. Isso nunca vai mudar, mas se eu posso e quero mudar de alguma forma algo no meu corpo, tenho todo esse direito e até dever. Nosso corpo, nossas regras”, completou Bianca.

Aos 19 anos e de bem com o espelho, a funkeira também aproveitou o momento para desabafar sobre o seu passado, que está marcado por alguns traumas ligados a autoestima, ou a falta dela, para sermos mais específicos. “Quando criança, eu era gordinha e já escutei comentários horríveis! Já me chamaram de baleia, e coisas assim, o que me deixava muito mal e até meio traumatizada. Na maioria das vezes vinha em tom de brincadeira, mas eu sabia que não era, e aquilo doía, sabe?”, lembrou.