A legendagem dos filmes continua repetindo os graves problemas de sempre

Por Flavio Ricco

O problema das legendas nos filmes e em tantas outras produções da TV ou derivados, mesmo observando uma melhora bem importante nos últimos tempos, continua longe de chegar ao que se deseja.

Ainda são muitas as imprecisões, ou por erro de tradução ou porque, de propósito, algumas expressões originais são trocadas ou simplesmente evitadas. Assim como se observa a falta de uma melhor sintonia entre o que é falado e o escrito.

São várias a situações em que a legenda entra completamente fora do tempo.

E isto sem considerar a falta de atenção ou desleixo mesmo com o CC (closed caption), recurso obrigatório para atender os deficientes auditivos.

Problemas que não se restringem as exibições na TV aberta ou paga, mas também nos serviços de streaming até por parte das empresas mais importantes do setor, no nosso caso, Netflix e Globoplay.

E ressalva-se que aqui, e não é de agora, se pratica um dos melhores serviços de dublagem do mundo.

 

Hipocrisia 

É obrigatória a exibição dos créditos no encerramento dos filmes na TV fechada, certo? Certo.

E todos os canais não deixam de fazer, mas fazem numa velocidade tão maluca, que ninguém consegue ler o nome de ninguém. Então pra quê?

 

Clube do Bolinha 

O que mais chama atenção em todo esse agito da CNN Brasil no mercado é que a direção de jornalismo, pelo menos até agora, é toda masculina. Curioso isso.

Com exceção da Globo, em todas as outras redações de TV é meio assim: mulheres parece que não entram. Nunca são designadas para cargos de chefia. Por não serem competentes é que não é.

 

Sem confirmação 

Em alguns setores da TV Cultura, em São Paulo, há quem aposte muito forte no nome do Boni, José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, para assumir, em breve, toda a direção de produção e programação.

Por enquanto, mais fumaça que um mínimo de possibilidade. O Boni, inclusive, está em viagem fora do Brasil.

 

A propósito 

A TV Cultura, em um bom período da existência dela, foi muito bem enquanto a preocupação maior que existia era fazer uma boa televisão e nada de política.

Quando esses fatores se inverteram, começaram os problemas que se arrastam até hoje. Agora, por exemplo, se espera que Marcelo Tas e André Vasco, suas novas contratações, recebam boas condições para trabalhar.

 

Números a favor 

Ainda existe na Band o desejo de entregar ao Luiz Megale o comando de um novo jornal local em São Paulo.

Mas a possibilidade de entrar na hora do almoço, entre o “Jogo Aberto” e “Os Donos da Bola”, está encontrando forte resistência do departamento comercial. O bom faturamento dos dois não recomenda qualquer mudança.

 

Prontidão 

Silvio Santos, ainda dos Estados Unidos, ligou para a produção do seu programa, avisando que voltaria ao Brasil neste último final de semana.

Mas não marcou nada de gravações. Por via das dúvidas, já está tudo armado e produzido para esta terça-feira.

 

Suspense em cima 

Sempre há uma grande disputa nos bastidores, mais diretamente no meio musical, em torno de quem será escolhido para o show de encerramento do “BBB” em cartaz.

Nada diferente desta vez. Em meio a todo esse mistério, a certeza é que não será Anitta e nem a dupla Sandy & Junior.

 

Dois tempos 

“Escola de Gênios”, série infantil recordista em vendas internacionais, estreia sua segunda temporada, dia 15, no canal Gloob.

Já a terceira temporada entrará como destaque na plataforma Globoplay ainda nesta semana. E como se não bastasse, a quarta já está em finalização. Produção da Mixer Films.

 

Parceria de sucesso

Pelas mãos de Walcyr Carrasco, com quem já trabalhou em outras oportunidades, Sérgio Guizé conquista mais um personagem “desafiador” nas novelas. Agora, como o Chiclete, em “A Dona do Pedaço”.

Trata-se de um justiceiro que vai se apaixonar por sua “encomenda”, no caso a digital influencer Vivi (Paolla Oliveira). Ele despertará ainda o interesse de Fabiana (Nathalia Dill), irmã dela.

 

Pausa

Depois de dois trabalhos seguidos na Globo, “Tempo de Amar” e “Espelho da Vida”, Vitória Strada vai dar o chamado “tempo” no vídeo. “Ela vai descansar mesmo”, informa o seu staff. A atriz é um desses grandes e recentes acertos da teledramaturgia da Globo.

 

Doninha do pedaço 

Agatha Moreira em primeiro registro como Josiane, filha de Maria da Paz (Juliana Paes), para a novela “A Dona do Pedaço”. Ela fará a grande vilã da próxima das nove.


 

Bate – Rebate 

· A primeira temporada do “The Four Brasil”, na Record, fechou com média de 7 pontos na Grande São Paulo e o terceiro lugar no ranking, atrás de Globo e SBT...

· ...Bem produzido e apresentado por Xuxa, tem tudo para seguir na grade. Porém, ainda não existe esta definição.

· A série “Cine Holliúdy” vai ser exibida na Globo, noites de terça-feira, de 7 de maio a 23 de julho.

· De quinta-feira a domingo, o Teatro Poeira, em Botafogo, no Rio, receberá apresentações do espetáculo “As Quatro Direções do Céu”, com direção de Camilo de Lélis.

· GNT vai promover mudanças no formato do programa “Desengaveta”...

· ...Aliás, este canal do Grupo Globo ficou muito satisfeito com o reality “Me Deixa Dançar”...

· ...E promete novos investimentos no segmento de formatos de dança.

· As gravações da quinta temporada da “Escolinha do Professor Raimundo” vão acontecer entre 14 de maio e 4 de junho...

· ... A direção do programa promete novidades no elenco...

· ...Poucas, na verdade, porque considera o grupo atual muito forte.

 

C´est fini

Nesta segunda-feira, às 22h, a Band exibe o terceiro episódio de “O Aprendiz”. A tarefa: cada equipe terá de criar, produzir e editar um vídeo de um minuto explicando os benefícios que as crianças e os adolescentes podem ter ao se aproximarem mais da natureza, deixando um pouco de lado a tecnologia. Trata-se de problema que foi diagnosticado recentemente: o déficit de natureza.

Então é isso. Mas amanhã tem mais. Tchau!

Comentários