Filmes estão perdendo cada vez mais importância na grade da TV aberta

Por Flavio Ricco

Magno (Juliano Cazarré) acabou de chegar com Lurdes (Regina Casé). Todos o abraçam saudosos e emocionados. Brenda (Clara Galiari) vem correndo e abraça o pai. Leila (Arieta Corrêa) chega também. Camila (Jéssica Ellen) chega em casa
Magno (Juliano Cazarré) acabou de chegar com Lurdes (Regina Casé). Todos o abraçam saudosos e emocionados. Brenda (Clara Galiari) vem correndo e abraça o pai. Leila (Arieta Corrêa) chega também. Camila (Jéssica Ellen) chega em casa -
Houve um tempo em que os grandes sucessos do cinema norte-americano eram intensamente disputados por emissoras como Globo, SBT e Record por causa dos bons índices de audiência que registravam. Hollywood, por conta disso, levava um jumbo de dinheiro das nossas TVs e ainda ditava regras.

Por exemplo: em troca da exibição de um arrasa-quarteirão, empurrava goela abaixo quatro ou cinco tranqueiras e também diversas séries. “Tela Quente” e “Cine Espetacular” bombavam.

As TVs comemoravam os números, publicavam anúncios provocativos em jornais, brigavam por distribuidoras....e o público sempre ficava naquela expectativa, esperando pela próxima atração. Tempos românticos.

Só que hoje, os filmes pouco representam na vida das nossas emissoras de televisão. São caríssimos e já chegam completamente esvaziados, tamanha a quantidade de “janelas”. TVs abertas sempre no fim da fila no momento de exibição. Note inclusive que nenhuma delas se preocupa mais em divulgar audiências. O encanto dos filmes permanece e continua arrastando multidões... para o cinema. A audiência no veículo TV beira, em muitos casos, a frustração. E isso por conta da concorrência da TV paga, pirataria e serviços de streaming, hoje mais acessíveis. Tudo isso indica que, num determinado momento, os filmes irão desaparecer da televisão aberta, assunto inclusive já debatido na Globo.


Nova edição

A segunda temporada do reality “Top Chef”, comandado por Felipe Bronze na Record, entrou em trabalho de pré-produção.

No caso, pesquisa de casting, elaboração de provas, busca e preparação de jurados, entre outros.



Fim da barreira

Pela primeira vez o “BBB” brasileiro, em sua vigésima edição, está entrando nos Estados Unidos via Globoplay e canal internacional. Uma conquista. Até então, a TV norte-americana não permitia.



Preocupação

Os próprios roteiristas do Grupo Globo estão preocupados com os rumos do “Fora de Hora”, o novo humorístico das terças-feiras. Se continuar assim, dificilmente pegará uma segunda temporada.


Marca

Globo solicitou o registro de uma nova marca para seus produtos: Glória.

Um título que certamente será colocado em alguma de suas próximas produções.



A propósito
Como pode ser comprovado no site “Memória Globo”, a estreia de Glória Maria como repórter aconteceu em novembro de 1971, na cobertura do desabamento do Elevado Paulo de Frontin, no Rio de Janeiro.

Portanto, em 2021, aquele momento vai completar 50 anos.



Combinado assim

O telejornal de Monalisa Perrone (ex-Globo) e Daniela Lima (ex-Cultura), com título ainda a ser anunciado, na CNN Brasil irá ao ar antes do informativo de William Waack. O novo canal de notícias iniciará suas transmissões em março.


Olha só

No CAT, o centro de atendimento ao telespectador da Globo, já se constata uma grande torcida por Vitória Strada, intérprete de Kyra, uma das protagonistas de “Salve-se Quem Puder”.

Até o momento, ela aparece como a campeã de telefonemas.



Passagem de tempo
Em “Amor de Mãe”, capítulo da próxima quinta-feira, a família de Lurdes (Regina Casé) recebe Magno (Juliano Cazarré), após ele sair da cadeia. Um depoimento de Verena (Maria) irá inocentá-lo. A história terá uma passagem de tempo de seis meses.


Fator audiência

A estreia da série “Orange Is the New Black”(Netflix) está confirmada para o dia 7 de março, às 23h, na Bandeirantes. Com a sua chegada, resta saber o que a emissora fará com a sessão “Operação Implacável” e o “STF Combate”(lutas).

Tem mais: o desejo da Band é mostrar todas as temporadas de “Orange”. Mas, como sempre, isso também vai depender dos resultados de audiência.

Ficou assim

Carlos Alberto de Nóbrega e equipe voltam a gravar a “Praça” no dia 19 de fevereiro e o primeiro programa vai ao ar em 5 de março.
As reprises chegarão ao fim no dia 27.


Bate-Rebate

· Em “Amor de Mãe”, os personagens de Milhem Cortaz e Débora Lamm, Matias e Miranda, vão voltar às boas.

· Ainda inédita na Globoplay, a série sobrenatural “Desalma”, com Cássia Kis e Cláudia Abreu, ganhará espaço no Festival Internacional de Cinema de Berlim...

· ...O primeiro episódio será exibido no dia 25 de fevereiro, durante o Berlin Series Market & Conference.

· A equipe da segunda temporada de “As Aventuras de Poliana” participa de um workshop no SBT...

· ...Workshop é um tipo de treinamento voltado para questões específicas e tem a elaboração de atividades práticas entre suas principais áreas.

· Ainda sobre “Poliana”, uma produtora tenta entender o motivo da sua demissão, há poucos dias...

· ...Colegas dizem que o corte aconteceu porque a profissional vinha exibindo cenas da novela em seu canal no YouTube.

· Do time que passou por “A Fazenda 11”, ninguém emplacou nada na Record...

· ... Enquanto isso, ex-BBBs são sempre lembrados para programas da Globo ou do Multishow...

· ...Fernanda Keulla é um desses casos.


C’est fini

Previsto para estrear no último dia 27, o jornal diário “Americas no Ar”, com apresentação de Eduarda Miranda, ainda não virou uma realidade na Record TV Americas. Segue com o selo “em breve”, esperando, esperando...



Então é isso. Mas amanhã tem mais. Tchau!
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários