Por tabata.uchoa
Publicado 13/03/2014 20:36 | Atualizado 14/03/2014 02:46

Rio - ‘Fala, Monarquia!”, entusiasma-se Xande de Pilares, vocalista e cavaquinista do Revelação, ao avistar o bamba portelense Monarco. O encontro foi apenas um dos muitos registrados esta semana em um estúdio no Cosme Velho, durante ensaios para a gravação do CD e DVD da série ‘Samba Social Clube’, da rádio MPB FM — os shows acontecem hoje e amanhã no palco da Fundição Progresso.

“Quando era guri e morava no Morro da Chacrinha, na Tijuca, nunca imaginei que um dia iria ter a oportunidade de trocar uma ideia com esses caras”, emociona-se Xande, quase tendo uma síncope quando o mangueirense Nelson Sargento se junta a eles: “Queria ter conversado com caras como Nelson Cavaquinho e Cartola, por isso valorizo tanto esses encontros. A vida é isso aí!”

Arlindo Cruz%2C Sombrinha e Péricles são algumas das atrações do show que toma conta da Fundição Progresso hoje e amanhãJoão Laet / Agência O Dia

Serão mais de 20 nomes do samba se revezando em uma homenagem a Chico Buarque. Xande escolheu cantar ‘Quem Te Viu, Quem Te Vê’. Já Monarco e Nelson Sargento fazem dueto em ‘Homenagem à Velha Guarda’, uma resposta bem-humorada e genial do portelense ao clássico ‘Homenagem ao Malandro’, de Chico. “Isso de rivalidade em escola de samba é um mito”, decreta Nelson, que é presidente de honra da Mangueira, sobre a dobradinha com o amigo, que tem o mesmo cargo na Azul e Branca de Oswaldo Cruz. “Quem briga é torcedor de futebol. Na Avenida, são várias escolas juntas para defender um cidadão chamado samba”, filosofa, aos risos.

O registro das apresentações será lançado em CD e DVD no segundo semestre, como os volumes 6 e 7 da série ‘Samba Social Clube’. Abrindo a noite de hoje, Zeca Pagodinho vai interpretar ‘Sem Compromisso’, de Geraldo Pereira e Nelson Trigueira, um clássico que Chico Buarque adora cantar. Na sequência, Arlindo Cruz, Xande de Pilares, Péricles, Mumuzinho (fazendo sua estreia no projeto, com ‘Cotidiano’, do homenageado), Serjão Loroza, Mariene de Castro, Sombrinha e Hamilton de Holanda.

Amanhã tem Beth Carvalho, Fundo de Quintal, Jorge Aragão, Neguinho da Beija-Flor, Almir Guineto, Dudu Nobre, Leci Brandão, Reinaldo, Teresa Cristina, Monarco, Nelson Sargento, Moacyr Luz e Mart’nália — estes dois também fazem sua estreia no projeto. “Nunca deu, as agendas sempre conflitavam”, resigna-se a filha de Martinho da Vila. “E, desta vez quase que não dá de novo, porque no mesmo dia eu canto no Teatro Rival! Ainda bem que a Fundição é logo ao lado!”

Teresa Cristina, por outro lado, já é veterana: “Acho que fiz todos os DVDs da série! Mas, desta vez, homenagear Chico Buarque, é sensacional!”, comemora. O texto enviado pela produção ressalta, ao listar as atrações, que a noite terá ainda “outras surpresas”. Quem sabe os famosos olhos verdes (há quem diga que são azuis) não aparecem por lá?

Festa na Lapa

FUNDIÇÃO PROGRESSO. Rua dos Arcos 24, Lapa (2220-5070). Hoje e amanhã, a partir das 22h. R$ 160 (estudantes e maiores de 65 anos pagam meia). 18 anos.

Você pode gostar