Exposição ‘Warld Cup’ mostra o lado B da Copa do Mundo no Brasil

Ao todo, 50 imagens foram impressas para integrar a mostra

Por daniela.lima

Rio - O fotógrafo franco-argentino Sebastian Gil Miranda desembarcou no Brasil em junho passado com uma missão: cobrir a Copa do Mundo, mas de um ângulo diferente. Queria registrar o lado B do evento esportivo, as questões culturais, políticas e, sobretudo, sociais que afligem o país da bola. Bateu a meta e foi além. Através do site www.warldcup.weebly.com, mobilizou fotógrafos de vários países que também cobriam o Mundial e conseguiu que lhe enviassem seus registros. É deste coletivo que nasceu a exposição ‘Warld Cup’, que começou esta semana no Parque das Ruínas.

Foto do brasileiro Dinho Moreira%2C um dos organizadores da exposiçãoDivulgação


Ao todo, 50 imagens foram impressas para integrar a mostra. São retratos de cerca de 30 fotógrafos de dez países, inclundo brasileiros. “A maioria das imagens trata de questões sociais. Queria mostrar as comunidades, os protestos, a repressão da polícia. Tudo com um olhar mais profundo e comprometido”, conta Miranda, que organizou a mostra junto com o brasileiro Dinho Moreira e os franceses Elsa Bruguière e Thomas Belet.

Entre os brasileiros com trabalhos expostos estão Daniel Marenco, Dinho Moreira e Thiago Dezan.

PARQUE DAS RUÍNAS. Rua Murtinho Nobre 169, Santa Teresa (2215-0621). De ter a dom, das 8h às 20h. Grátis. Até 10 de agosto.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia