Ryan Fischer
Ryan FischerReprodução
Por O Dia
Rio - Ryan Fischer, passeador de cães de Lady Gaga, admitiu que está "sem propósito" na vida três meses após ser baleado enquanto andava com os cachorros da cantora em Los Angeles, na Califórnia. Nas redes sociais, Ryan fez um desabafo sobre seu estado emocional e explicou que está cansado de ser abordado por outras pessoas que querem saber mais sobre o acidente.

"É estranho ser conhecido por um trauma do qual ainda estou me curando. As pessoas querem estender a mão, compartilhar da minha dor por um momento e depois ir embora, deixando-me revivê-la novamente. Não é intencional; vem de uma bondade e um compaixão que são bem-vindas", refletiu Fischer. "O apoio e os votos de boa sorte de todos foram incríveis, e estou muito emocionado com todas as palavras e orações amáveis que recebo em meu caminho", continuou.


"Junto com a atenção da mídia e a recuperação de traumas, estou – pela primeira vez em muito tempo – sem propósito, o que tem sido a parte mais difícil deste capítulo. Como ainda não estou mentalmente bem para cuidar de cães (sempre que percebo que um cachorro está em perigo, fico em alerta máximo e, em seguida, desmorono e choro), meu propósito nos últimos dez anos desapareceu repentinamente", lamentou.

Por fim, Fischer disse que enquanto se recupera do trauma, quer explorar outras possibilidades. "Não é como levar um tiro, morrer, mas estou animado para compartilhar minha exploração desajeitada e contar histórias para vocês ao longo do caminho. Para uma jornada com propósito", completou.