Marina Ruy Barbosa fala pela primeira vez sobre rumores de traição de José Loreto

Atriz foi apontada como pivô da separação do casal

Por O Dia

Marina Ruy Barbosa
Marina Ruy Barbosa -

Rio - Marina Ruy Barbosa falou pela primeira vez sobre o fato de ter sido apontada como pivô da separação de José Loretto e Débora Nascimento. Durante a entrevista dada ao programa "Fofocalizando", do SBT, a atriz reforçou que não teve nada com o colega de elenco.

"Esse problema nunca foi meu, mas claro que me abalou. Eu dei a minha declaração imediatamente deixando claro que não tinha nenhum envolvimento com ele. Ele deu a dele falando que não houve traição e pediu respeito. Enfim, cada um fala e se posiciona da forma que acha que deve. Respeito e só posso me responsabilizar pelos meus atos. O que os outros fazem não é uma questão minha. Não pode ser. É assim que eu lido com isso", disse ela. 

A atriz também comentou o fato de ter sido atacada nas redes sociais por conta do episódio. "A gente vive em uma sociedade machista e que tende a colocar todas as mulheres como vilãs, sempre. Eu acho que essa não é a melhor forma de lidar com as situações".

Sobre o fato de Giovanna Ewbank ter parado de segui-la no Instagram por conta dos rumores, Marina disse: "Não posso entrar na cabeça das pessoas e entender todos os sentimentos delas, mas eu não tenho nenhuma mágoa. Obviamente fiquei mexida com a situação toda, impossível não ficar. É impossível ter um terremoto embaixo de você e você ficar inabalável. Eu não sou inabalável, sou frágil. Mentira, estou frágil, mas sou forte", finalizou. 

Atualmente, Marina está no ar como a Luz, da novela "O Sétimo Guardião". São seus colegas de elenco José Loretto, que interpreta Júnior, e Bruno Gagliasso, que dá vida ao Gabriel. Já o casal Débora e Loretto reataram a relação após o turbulento afastamento.  

Comentários