Atrizes defendem Paulo Betti após acusação de racismo

Deborah Evelyn e Maria Ribeiro, usaram as redes sociais para declarar apoio ao artista acusado de racismo por Milton Gonçalves; veja a declaração delas

Por iG

Imagem da carteirinha de Paulo Betti compartilhada por Maria Ribeiro
Imagem da carteirinha de Paulo Betti compartilhada por Maria Ribeiro -
Rio - Nesta terça-feira (18), as atrizes Deborah Evelyn e Maria Ribeiro usaram o Instagram para declarar apoio a Paulo Betti, acusado de racismo por Milton Gonçalves.
Maria Ribeiro, ex-esposa de Paulo Betti, com quem tem um filho, compartilhou a imagem do registro de ator do artista e aproveitou para ressaltar a credibilidade dele.

"Ao acusar levianamente um sujeito íntegro como Paulo, esses senhores não só não estão lutando por um Brasil melhor, como estão, na melhor das hipóteses, confusos sobre seus reais inimigos. Paulo, na camisa do meu time está escrito o teu nome, e eu a exibo com amor e orgulho há 22 anos", declarou a atriz em uma passagem de seu texto.

Deborah Evelyn também não se acanhou na longa legenda e pontuou que a acusação não convém: "Todo o apoio ao grande artista Paulo. Não caia em fake news. Nunca foi sobre racismo", escreveu ela.

Nos comentários das publicações, o público concordou com as atrizes e prestou apoio à Paulo Betti. Ele está sendo processado por Milton Gonçalves após comentário em grupo de WhatsApp em meio a disputa pela presidência do Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversões do Estado do Rio de Janeiro, onde ambos concorrem em chapas concorrentes. 


Comentários