Ex-bailarina do Faustão, Carla Prata fala sobre diagnóstico de doença rara

Após sofrer uma paralisia facial, seus médicos descobriram que ela era portadora de uma rara condição que atinge os músculos do corpo

Por MH

Carla Prata
Carla Prata -
Rio - Carla Prata, ex-bailarina do Faustão, contou ao portal Notícia da TV, que teve um choque ao saber que tinha uma doença rara. Diagnosticada em 2017, após sofrer uma paralisia facial, seus médicos descobriram que ela era portadora de uma rara condição que atinge os músculos do corpo.

“Na época, eu achava que iria morrer em dez minutos. Achava que ia passar mal a qualquer momento, parar de respirar do nada e morrer”, disse a bailarina.

Tudo começou em uma consulta de rotina em seu oftalmologista, um ano após ter operado o coração em uma cirurgia de emergência para retirada de um tumor. “Meu oftalmologista me encaminhou ao neurologista, fiz os exames. Quando saíram os resultados, pelas minhas características e pelo meu histórico, descobrimos a miastenia gravis. Hoje, ela está controlada, só tomo remédio”, relatou.

Atualmente namorando o sertanejo Mariano, da dupla com Munhoz, Carla explica que a doença que lhe atingiu o rosto é difícil de ser diagnosticada e que a falta de informação é o causa o desespero dos pacientes. “...acaba fazendo com que pensamentos negativos tomem conta de nós”, finalizou a artista. 
 
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Galeria de Fotos

Carla Prata Reprodução Instagram
Carla Prata Ag. News