Peça 'Esperança na Revolta' reestreia no Teatro Armando Costa

Espetáculo aborda as guerras contemporâneas e mostra como o ser humano reage à violência

Por BRUNNA CONDINI

 Espetáculo 'Esperança na Revolta'
Espetáculo 'Esperança na Revolta' -

Com três indicações ao Prêmio Shell de Teatro, sendo líder de indicações, o espetáculo 'Esperança na Revolta', que aborda guerras contemporâneas e como o ser humano reage e sobrevive às violências, reestreia hoje, no Teatro Armando Costa, na Escola Técnica Estadual de Teatro Martins Penna, no Centro.

Projeto intitulado de resistência, concebido pela Confraria do Impossível, produzido e executado por negros, a peça conta no elenco com Alex Nanin, Beà, Cátia Costa, Cláudia Barbot, Daniel Vargas, Lívia Prado, Nádia Bittencourt, Reinaldo Junior e Tarso Gentil. A direção de André Lemos - primeira vez na história da premiação que um diretor negro é indicado - rendeu uma das indicações ao prêmio e outra indicação junto com a Beà, na categoria música, que é mais que um elemento presente nessa montagem, é uma personagem que é executada ao vivo e que guia cada trama e seu contexto.

A supervisão dramatúrgica é do Rodrigo França do BBB, a supervisão cênica de Vilma Melo (primeira atriz negra a ganhar o prêmio Shell) e a direção artística geral de Hilton Cobra, o Cobrinha da Cia dos Comuns. A entrada é franca e funcionará com sistema de senha, que será distribuída no local com uma hora de antecedência ao espetáculo.

SERVIÇO:

Escola Técnica Estadual de Teatro Martins Pena - Teatro Armando Costa. Rua 20 de abril 14, Centro. Sex e sáb, às 20h (exceto na estreia, que será às 21h). Dom, às 19h30. Grátis. Estreia hoje.

Galeria de Fotos

Espetáculo 'Esperança na Revolta' Marcelo Reis
Espetáculo 'Esperança na Revolta' Marcelo Reis

Comentários