IBGE aponta aumento de vagas e de profissionais na terceira idade

Instituto revela crescimento de 522 mil trabalhadores acima dos 60 anos no mercado de trabalho no primeiro trimestre. Quase a metade desse grupo está na Região Sudeste

Por Bernardo Costa

O garçom Manoel José de Souza, de 68 anos, quer seguir trabalhando. Ele faz parte de uma estatística de profissionais acima dos 60 anos que continuam em suas atividades
O garçom Manoel José de Souza, de 68 anos, quer seguir trabalhando. Ele faz parte de uma estatística de profissionais acima dos 60 anos que continuam em suas atividades -

Mesmo após a aposentadoria, o garçom Manoel José de Souza e a manicure Maria Aparecida da Silva decidiram continuar trabalhando. Além do salário, que acrescenta na renda e permite ajuda aos netos e filhos, eles se sentem com plena capacidade para atuar. E com experiência de sobra. Manoel e Maria fazem parte de uma parcela que não para de crescer no mercado de trabalho: a de profissionais acima dos 60 anos. Segundo o IBGE, houve aumento de 522 mil trabalhadores ocupados nessa faixa etária no primeiro trimestre deste ano em comparação ao mesmo período de 2017. Em números absolutos, são 7 milhões de brasileiros no total.

Quando comparado com outras faixas etárias, esse grupo é o que mais cresce, com aumento de 8%. Trabalhadores entre 25 e 39 anos, por exemplo, tiveram um acréscimo de apenas 0,9%. O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) traçou o perfil dos profissionais da terceira idade em um estudo divulgado na última semana. Em sua maioria, eles estão na Região Sudeste (46%), são mulheres (56%) e se declaram chefes de família (63%).

Segundo Maria Andréia Lameiras, técnica de planejamento e pesquisa do Ipea, o aumento está relacionado à permanência por mais tempo na ativa. "As pessoas estão cada vez mais retardando o momento em que decidem ir para a inatividade", esclarece a pesquisadora. Para ela, a Reforma da Previdência, que aumentou a idade mínima para a aposentadoria, a necessidade de ajudar parentes financeiramente e o envelhecimento da população são os principais fatores. "Se há mais idosos no país, vai haver mais idosos no mercado. E essa tendência só tende a aumentar", explica a pesquisadora, que ainda aponta aspectos mais subjetivos, como a vontade de sentir-se útil.

É o que pesa para Manoel, que trabalha no restaurante Dom Cavalcanti. "Já tentei parar, mas não consigo. Em casa, eu fico nervoso, impaciente e agoniado", diz o garçom, que precisa do salário para ajudar os netos: "Eles ficaram órfãos cedo e prometi ajudá-los".

Na foto acima, a manicure Maria Aparecida, de 66 anos, é pontual - Marcio Mercante / Agencia O Dia

Para Maria, a aposentadoria não basta. Ela defende qualidades dos profissionais da terceira idade. "Nós somos mais responsáveis, calmos e experientes", diz a manicure, que há 12 anos atua no salão Astros Barbearia: "Só cheguei atrasada um dia".

YOUTUBER DE 70 ANOS

Janette Curvello do Nascimento tem 70 anos e está na internet desde o fim dos anos 1990. Há pouco mais de dois anos, criou o canal no YouTube 'Atelier Linha e Ponto', que está com mais de 70.500 inscritos. O vídeo de maior sucesso, 'Aula de crochê para iniciantes', ultrapassou a marca de 2 milhões de visualizações.

Janette, de 70 anos, tem canal no YouTube com 70 mil inscritos. Ela ensina tricô e crochê - Divulgação

Janette está estudando inglês na faculdade Univeritas. O objetivo é responder as mensagens de estrangeiros que comentam no seu canal. "Quem sabe eu não passe a gravar os vídeos também em inglês?", projeta a youtuber. Ela mora com o filho no Andaraí. E os dois estudam propostas de parceria de anunciantes. "Estamos analisando. Pode ser uma renda", diz.

Galeria de Fotos

O garçom Manoel José de Souza, de 68 anos, quer seguir trabalhando. Ele faz parte de uma estatística de profissionais acima dos 60 anos que continuam em suas atividades Marcio Mercante
Janette, de 70 anos, tem canal no YouTube com 70 mil inscritos. Ela ensina tricô e crochê Divulgação
Na foto acima, a manicure Maria Aparecida, de 66 anos, é pontual Marcio Mercante / Agencia O Dia

Comentários

Últimas de Empregos e Negócios