NikãoGustavo Oliveira/Athletico

A novela envolvendo Internacional e Nikão ainda não teve o capítulo final. Pelo contrário. Novos episódios ainda irão acontecer para que haja um final feliz, e o meia-atacante assine com o Colorado. A diretoria gaúcha e os representantes do atleta não chegaram a um acordo até o momento por conta de um "entrave financeiro", segundo uma pessoa envolvida nas tratativas.
As conversas se arrastam durante dias, e o entendimento dentro da cúpula do Internacional é que o acordo ainda está longe de acontecer e que a contratação do meia não é dada como certa. Como há risco de melar, o Colorado já analisa outras opções para a posição de Nikão a pedido do técnico Alexander Medina.
Em relação a tempo de contrato (4 anos) e salário, há um denominador comum entre Inter e representantes do atleta, mas "outros ajustes", como pagamento de luvas, ainda impedem que a transação seja finalizada.
Neste momento, Nikão está livre no mercado após ver o seu contrato com o Athletico-PR chegar ao fim no dia 31 de dezembro e não ter um acordo por uma renovação de contrato. Por ter ficado muito tempo no Furacão (seis temporadas), o jogador preza, nos bastidores, pelo respeito ao clube da Arena da Baixada.
Inclusive, um dos pedidos de Nikão ao seu estafe é que as conversas com o Internacional só fossem avançadas após o término do compromisso com o Athletico, clube que defendeu por 314 partidas, marcou 49 gols, deu 48 assistências e seis títulos conquistados.