Mais Lidas

Arrancada para o hexa começa dia 26 de maio

Período de treinamentos da seleção brasileira para a Copa do Mundo, na Granja Comary, em Teresópolis, começará 18 dias antes da abertura

Por pedro.logato

Rio - A seleção brasileira já tem dia para começar a arrancada rumo ao sexto título mundial. A Granja Comary está em obras para receber os jogadores no dia 26 de maio, em Teresópolis, visando a preparação para a Copa do Mundo que começa 12 de junho, na Arena Corinthians, em São Paulo. Serão cinco amistosos até a data final e, nesta quinta, o técnico Luiz Felipe Scolari fez a convocação para os dois próximos: dia 12, contra a Coreia do Sul, em Seul, e dia 15, contra a Zâmbia, em Pequim. Os jogos de novembro ainda não têm adversários definidos — em março, a Seleção deve encarar a África do Sul.

Luiz Felipe Scolari vai buscar mais uma Copa para o Brasil em 2014Divulgação

O treinador não admite qualquer desconfiança sobre a Copa do Mundo, ainda mais após o triunfo na Copa das Confederações. Felipão é claro e objetivo. Só existe um resultado para a Seleção no Mundial do ano que vem: o hexacampeonato, no dia 13 de julho, no Maracanã

“Temos que dizer ao povo brasileiro que nós queremos ser campeões e temos o peso disso, é normal. Quem não pensar desta forma vai ser difícil. Só tem um lugar para a gente, que é ser campeão. Ganhamos a Copa das Confederações, mas já passou, não tem mais nada que falar sobre isso. O foco agora é o Mundial, e só tem um objetivo para a gente, que é chegar à final e ganhar”, afirmou Scolari.

O treinador manteve grande parte do grupo campeão da Copa das Confederações. Dessa vez, 15 jogadores que estiveram na conquista estão entre os 23 convocados para os amistosos de outubro.

“A base está sendo mantida. Tenho trocado um ou outro em determinado momento, três ou quatro por convocação. Mas a ideia, a espinha dorsal, está sendo a mesma. Não me preocupo (sobre entrosamento). Não tenho que me preocupar com o futuro. Vamos ter 18 dias para treinar para Copa” explicou.

Felipão convocou Maicon, que no último jogo do Roma saiu com dores na coxa, mas o atleta garantiu que era apenas cãibra. O treinador admitiu medo com contusões:

“Em todo jogo (que assisto) fico com o coração na mão em relação à convocação e tudo mais. Falei com o Maicon. Ele disse que foi uma cãibra, e que sábado ou domingo volta a jogar”, concluiu Felipão.

Naturalização gera polêmica

Felipão classificou como estranha a brecha que pode permitir a naturalização de Diego Costa, do Atlético de Madri, para defender a Espanha.

Segundo a imprensa espanhola, a federação do país estaria consultando a Fifa e teria como principal argumento o fato de o jogador não ter disputado competições oficiais pelo Brasil. Diego Costa foi chamado somente para amistosos.

“Provavelmente, a Fifa deve estar voltando às regras dos anos 50. Acho estranho. Daqui a dois, cinco anos, talvez um país contrate 20 jogadores e faça uma seleção”, afirmou Felipão.

Massagista rouba a cena em dia de novidades

A lista de Felipão para os amistosos contra Coreia do Sul e Zâmbia marcou o retorno do volante Lucas Leiva, do zagueiro Dedé e do goleiro Victor à seleção brasileira. Mas o dia não foi de festa apenas para os jogadores: o massagista do Cruzeiro, Edmar Antônio da Silva, o Tita, foi chamado pelo treinador para acompanhar a Seleção nos dois próximos amistosos e vibrou com a chance.

“Meu objetivo é ser lembrado para a Copa e oferecer o título mundial aos moleques de rua. Não sou calculadora, mas vou para somar”, afirmou Tita.

No Liverpool, o volante Lucas festejou a primeira convocação com Felipão. “Agora que fui chamado, o sonho de disputar um Mundial no Brasil ficou mais próximo. Vou dar o máximo para continuar no grupo”, avisou Lucas.

Já o zagueiro Dedé, que ficou fora da Copa das Confederações, comemorou uma nova oportunidade com Felipão: “Parece a primeira vez. Estou muito feliz”.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia