Mais Lidas

Alemanha mira título para coroar geração

Após ficar em terceiro duas vezes e ser vice em outra ocasião, alemães querem parar de bater na trave e coroar geração com a taça

Por pedro.logato

Rio - Um show de bola! A Alemanha não encontrou dificuldades para provar seu favoritismo no Grupo C das Eliminatórias Europeias e garantiu, antecipadamente, uma vaga no Mundial do Brasil. Com um desempenho bastante positivo, os alemães cravam a ida para a Copa de 2014 com o objetivo de deixar para trás a síndrome do quase, após ficar em terceiro lugar duas vezes e um vice-campeonato nas últimas três edições.

Dona de três títulos mundiais, o objetivo do tetra é mais que prioridade para a equipe de Joachim Löw. Uma das maiores potências do futebol atual, a Alemanha vai para o Mundial confiando em seu eficiente esquema tático e no talento de alguns grandes nomes para burlar o poder do futebol brasileiro e os demais rivais na competição.

Alemanha vai com força total para a Copa de 2014Divulgação / Fifa

O CARA DA ALEMANHA

Mesmo com o lugar cativo do capitão Philipp Lahm e o talento de Müller e Klose, é de Mesut Özil o status de craque alemão. Recentemente vendido pelo Real Madrid por uma quantia de 50 milhões de euros (cerca de R$ 155 milhões), o atual meia do Arsenal é um dos maiores xodós da seleção. O talento do meia é a maior aposta de Löw na criação de jogadas da equipe. Visto como um atleta de grande potencial, assim que acabou liberado pelo ex-clube, Özil ainda se deparou com uma análise do treinador da seleção sobre a posição dos Merengues.

"Para mim, é um pouco incompreensível que o Real Madrid tenha liberado um de seus melhores jogadores, que tem grande qualidade e foi decisivo na última temporada. Özil no Arsenal será bom para a seleção, porque ele vai jogar por um time que, em geral, tem muita técnica", analisou Löw.

HISTÓRIA NAS COPAS

Tricampeã mundial, a Alemanha vem batendo na trave nos últimos anos. Após um vice-campeonato na Copa de 2002 e a terceira colocação nas últimas duas edições, o maior desejo alemão é voltar a levantar a taça da Copa. Considerada uma das maiores potências na atualidade a equipe, no entanto, ainda não conseguiu emplacar de vez recentemente.

Mesmo com três títulos conquistados, em 1954, 1974 e 1990, a Alemanha ainda fica no quase quando o assunto é emplacar uma campanha marcante. Sem ter conseguido uma conquista nos 100% de aproveitamento, o melhor desempenho alemão ainda é o do título de 1974, quando a trajetória ficou marcada por seis vitórias e uma derrota.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia